Ativismo judiciário: como resolver esse problema?

 

Olá, amigos !

Bom dia, bom sábado !

Hoje, com a devida autorização do nosso prezado Evandro Pontes, gostaria de reproduzir um texto por ele publicado no portal Renova Mídia.

Nesse texto Evandro procura abordar de forma mais rápida a questão do ativismo judicial em nosso país.

O trabalho se encontra neste link: https://renovamidia.com.br/ativismo-judiciario-como-resolver-esse-problema/

Vale a pena a leitura !

E, para quem não escutou os hangouts, fica desde já o convite:

https://www.ocarcara.org/hangout-a-corrupcao-da-inteligencia-juridica-brasileira-por-evandro-pontes/

https://www.ocarcara.org/hangout-ii-a-corrupcao-da-inteligencia-juridica-brasileira-professor-evandro-pontes/

Bom dia a todos !

Ativismo judiciário: como resolver esse problema?

Estudo o fenômeno do Poder Judiciário há décadas.

Reuni uma quantidade robusta de material: doutrina, legislação, artigos, provas de concursos públicos, histórias e mais histórias (que vivi, ouvi e li).

Esse material está sendo lapidado na forma de um livro para contar, com detalhes, o maior problema que o Brasil enfrenta há década: a Corrupção da Inteligência Jurídica. Pretendo publicá-lo em breve.

O ativismo judicial de que tivemos na semana passada o seu mais violento golpe contra a República e os valores constitucionais, é a “ponta-de-lança” de um problema sistêmico muito grave e cujas raízes estão arraigadas no Poder Judiciário desde ao menos os anos 1980.

O que vimos na ADO26 com a revisão do Caso Ellwanger é apenas o primeiro golpe de uma caminhada destrutiva e inconsequente que começou décadas atrás e que agora está lançando os seus primeiros mísseis fatais.

Há nos meios jurídico-acadêmicos opositores do “ativismo judicial” tanto à direta quanto à esquerda. Os opositores à esquerda propõem as medidas mais cretinas possíveis como “estudar Heidegger” ou criar um castelo de cartas com argumentos abstratos tão pesados quanto uma pena de ganso.

À direita, todos, sem exceção, todos os argumentos giram em torno de medidas paliativas ou soluções “ad hoc”.

Vou mencionar aqui dois exemplos: a revogação da PEC da Bengala para reduzir novamente a idade de aposentadoria compulsória de Ministros de cortes superiores e o puro e simples impeachment de alguns Ministros.

Não que alguns Ministros não mereçam passar por uma investigação profunda e um processo sério de impeachment – creio que muitos devam mesmo dar satisfações à sociedade e, se for o caso, tomarem o rumo de casa (ou da cadeia), caso fique absolutamente comprovado que transgrediram.

Mas o que quero chamar atenção do leitor e da leitora é que um ou vários processos de impeachment não resolverão o problema do ativismo e da corrupção da inteligência jurídica.

Ao dar a um problema jurídico uma solução eminentemente pessoal, cometemos o erro de não resolver o problema e dar munição para que, futuramente, se faça o mesmo quando o interesse no Planalto for de outra corrente, ainda que o Ministro em questão seja lá inocente.

Quando buscamos a solução de um problema, temos que atentar para o problema em si e para a origem das ideias – qual seja, temos que entender porque o problema existe e como ele começou; e temos que, em menor intensidade, dar uma atenção meramente colateral para quem está se alimentando do problema atualmente.

É como querer resolver o transtorno de pernilongos noturnos no quarto com uma almofada, caçando muriçoca por muriçoca – não adianta: você acerta uma e em menos de 5 minutos já tem outra zunindo no seu ouvido. Se não colocar um bom repelente para que nenhum pernilongo volte, o problema nunca se resolverá.

Qual seja: fazemos a PEC da Bengala e, bingo! – removemos todos os inconvenientes: amanhã o sistema gera mais três analfabetos funcionais e lá vamos nós de novo ter nos deparar com mais um ativista.

Fazemos assim um, dois, quatro impeachments – voi là! Resolvido? Não: em menos de seis meses o sistema produz um novo ativista; de dentro pra fora, se for necessário.

Tome como exemplo a posição do Ministro Alexandre de Morais na PEC26 – apresentando-se sempre como um jurista moderado e com doses críticas a exageros judiciais antes de seu ingresso no STF, o calvo Ministro me surpreendeu e deu um dos votos mais “lacradores” nesse imbróglio da criação judicial de tipos penais. Foi completamente cooptado pelo sistema, sem qualquer sombra de dúvida.

Não adianta – você tira um, o sistema produz cinco.

O sistema está absolutamente corrompido – do ENEM ao STF.

Não há uma instância sequer que a corrupção da inteligência jurídica não tenha se consolidado de forma hegemônica – o maior traço disso é o Silent Scream (lembrando aqui de uma letra do saudoso Jeff Hanneman sobre aborto) de ideias e uma densa bibliografia conservadoras que são assassinadas no útero das academias.

E se isso não mudar, o ativismo judicial vencerá, dia a dia, sol a sol.

É preciso, em primeiro lugar, que tomemos consciência, qual seja, a consciência de si de que nos fala Lavelle. Temos que admitir o estado de penúria intelectual que o Brasil está mergulhado, sobretudo no Poder Judiciário que conta com mais de 15 mil ativistas (muitos, nem sabem que o são) entre seus mais de 17 mil juízes e, em sua boa parte, uma massa preocupante de analfabetos funcionais no meio desses 15 mil ativistas (nem todos são, mas a maioria realmente tem graves problemas de compreensão de leitura).

Em segundo lugar, trabalhar no debate, na divulgação de ideias, e na refutação de qualquer mecanismo de corrupção intelectual que leve o país a esse estado de descontrole jurídico.

Mas essa segunda medida é trabalho para décadas. Não viverei suficiente até que o último ativista enfie sua cabeça em um buraco, de tanta vergonha. Nesse dia, por favor, lembrem de mim.

Mas até lá, algo também precisa ser feito imediatamente.

E é aqui que chamo a atenção do leitor e da leitora para disparar um debate sistêmico e não um debate ad hoc com soluções paliativas (das quais a solução-líder é a derrubada da PEC da Bengala – ouçam o “Tio Careca”: não vai funcionar, isso se passar, isso se o STF não “melar” a tentativa no meio caminho, isso se a imprensa não fuzilar se algum de seus interesses particulares não estiver contemplado…).

Ao meu ver a melhor saída é uma reforma verdadeira e profunda do Poder Judiciário e do sistema de leis no Brasil.

Precisamos mudar urgentemente os artigos 22 a 24 e 25 a 30 (uma batalha do Deputado Dom Luiz Phillipe de Orleans e Bragança) da nossa Constituição. Precisamos também mudar os artigos 59 a 69 e modernizar o processo legislativo, para criar mecanismo que fulminem com o toma-lá-dá-cá.

Last but not least, os artigos 92 a 132 precisam ser profundamente alterados, em uma reforma constitucional ampla, séria e compreensiva.

O coração dessa reforma deve ter por foco o chamado controle concentrado de constitucionalidade (tema de especialidade do Ministro Barroso, que tem um livro sobre o tema que é usado por todos os concurseiros, qual seja, por todos os juízes, promotores e aspirantes a tais cargos).

O controle concentrado de constitucionalidade, expresso em mecanismos como as ADIs, ADCs e ADOs (ações diretas de inconstitucionalidade, de constitucionalidade e de inconstitucionalidade por omissão) permite que o STF legisle, pois fornece aos ministros material suficiente para que enfrentem questões em tese, abrindo-lhes a oportunidade de debates acadêmicos com falsos ares de ciência, para que preencham lacunas legais conforme bem entenderem, passando por cima do Congresso Nacional e das instâncias representativas.

Defensores dirão que as audiências públicas em que a “sociedade civil” é chamada para opinar sobre o tema supriria esse debate – mentira! É justamente o contrário que ocorre na prática.

As ONGs que participam das audiências públicas são escolhidas a dedo e o debate é quase sempre escamoteado, para que a pauta escolhida seja beneficiada em detrimento de interesses da sociedade como um todo.

Sem acabar com os mecanismos de repercussão geral, de súmula vinculante, de controle concentrado de constitucionalidade e ferramentas afins, a batalha para vencer o ativismo sequer terá começado.

Desta forma, enquanto não atacarmos os problemas verdadeiros do sistema, ficaremos como insones de verão caçando muriçocas toda a noite, sem que o enervante zumbido acabe, se não instalarmos um eficiente repelente de pragas após boas práticas de higiene e dedetização.

 

11
Compartilhar
  • Leonardo M. 16/03/2019 at 10:14

    Bom dia

    First

    1
  • Pão de queijo com café 16/03/2019 at 10:15

    Bom dia.

    First que é autor do post… 😂😂😂

    0
    • Leonardo M. 16/03/2019 at 10:21

      Rubinho Barrichello 😂

      0
  • bolha buritis 16/03/2019 at 10:42

    First.

    Acho que só conserta com um jeep Willys, um cabo e um soldado. Até Deltan me desapontou.

    Muito bom, PDQ !!!

    0
  • Rodrigo 16/03/2019 at 10:51

    Ou seja, redefinir o ordenamento jurídico.
    Acho que tem um detalhe, o problema do Brasil é o brasileiro é não as leis.
    Brasileiro pensa no cargo como se sua propriedade privada fosse.
    Se não é o ministro do supremo é o fiscal do ir, se não é o delegado, se não o agente da agência reguladora.
    Todo mundo tira proveito do que tem.
    A única solução é o estado mínimo.
    Seremos menos roubados

    6
  • AL 16/03/2019 at 11:07

    Bom dia, amigos!

    Desculpa prla demora rm postar o tópico de hj, mas eu só ressuscitei depois do terceiro copo de caldo de cana.

    A porranca ontem foi braba!

    6
  • Quero mais é que se f... 16/03/2019 at 11:16

    2
    • ultraje 16/03/2019 at 12:12

      Quero, muito obrigado por postar!

      O vídeo da entrevista completa é muito bom em vários aspectos. Eu olhei umas partes e certamente vou olhar ele completo depois, fica muito interessante lá pelos 40 minutos quando o pastor chega. Tem umas partes que ele não fala em inglês, fala a língua deles lá misturado com inglês, mas dá pra entender de boa.

      Aqui a entrevista completa:

      0
      • Quero mais é que se f... 16/03/2019 at 16:32

        Vou assistir ao vídeo na íntegra.

        0
  • Grandecupincha 16/03/2019 at 11:45

    Prezados, bom dia

    AL, ontem te enviei o topico meu caro!

    Estou em aula, volto com cvmzinho depois!

    0
  • bolha buritis 16/03/2019 at 11:48

    ÇÇinaus

    VESUVIO 34 TERREMOTOS EM UM DIA E O MEDO DISPARA

    0
  • bolha buritis 16/03/2019 at 12:09

    LIVE: Yellow Vests call for new protests in Paris on final day of Macron’s ‘Grand Debate’ (PART 2)

    0
  • Kurt 16/03/2019 at 12:14

    Bom dia.

    Esse daí fala como profundo conhecedor de ambos os temas(mamadeira e piroca):
    “wagner moura:A mamadeira de piroca ganhou as eleicões no Brasil”

    0
    • Kurt 16/03/2019 at 12:18

      Como todo bom esquerdista.

      0
  • Kurt 16/03/2019 at 12:39

    Em relação ao atentado de Suzano, existe um detalhe a acrescentar:
    Esse tipo de ação que envolve suicídio possui um caráter “contagioso”, ou seja, tende a estimular outros doentes a fazer o mesmo(isso é um fato sustentado por estudos epidemiológicos).E é justamente essa divulgação maciça que a imprensa está fazendo.Realmente eles querem o caos.

    2
  • Alfinete da bolha 16/03/2019 at 13:05

    “A queda dos níveis do QI muda a longa e próspera era dos crescentes resultados de QI que agora está sendo desafiada por resultados drasticamente declinantes”.

    http://escaladevalores.com.br/queda-dos-niveis-do-qi-nos-ultimos-anos/?fbclid=IwAR3zC-xDGVEetECSLilYimbQviLGhSufRnU0A1acucJAS8sSwS2NpQHl7Z4

    0
    • Kurt 16/03/2019 at 13:08

      “Idiocracia” feelings…

      1
    • Bruno L 16/03/2019 at 13:58

      É só baixar um app no esportophone que resolve

      0
  • BananenseNãoPraticante 16/03/2019 at 13:13

    Como justificar o ativismo?

    Ora, é só usar o de sempre! Aquilo que justifica todo tipo de atrocidade, barbaridade, absurdo, desvio de conduta… dos últimos duzentos e tantos anos!

    É bom pra eles porque o discurso é tão bonitinho, fala de liberdade, igualdade e fraternidade! Quem seria o louco de ir contra esse discurso, não é mesmo?

    Com esse fundamento eles podem decidir “na omissão ou contra a vontade do Congresso,”.

    Ainda, existiriam “conjunturas nas quais é preciso empurrar a história. Em alguns momentos cruciais do processo civilizatório, a razão humanista precisa impor-se sobre o senso comum majoritário.”.

    Isso para evitar aquilo que consideram “o risco da tirania da maioria e do paternalismo moralista.”.

    E, claro, quem deve decidir qual seria esse caminho civilizatório, ou “salto histórico a ser dado” são pessoas NÃO eleitas pelo povo, de onde todo o poder deveria emanar!

    Art. 1º
    Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.

    https://www.conjur.com.br/2018-fev-23/artigo-barroso-defende-papel-iluminista-stf

    “Em artigo, Barroso defende papel “iluminista” do Supremo

    Diferentes papeis

    Supremas cortes desempenham três grandes papéis em uma democracia: contramajoritário, representativo e iluminista.

    Sua atuação contramajoritária se dá, tipicamente, quando o tribunal declara a inconstitucionalidade de uma lei ou de um ato do Executivo. Essa é a única atribuição que vem expressa na Constituição. Por não enxergarem além da literalidade dos textos, há autores que só reconhecem esse papel.

    Cortes constitucionais, porém, desempenham também uma função representativa, quando atendem demandas sociais que não foram satisfeitas a tempo pelo Legislativo. Na história recente do Brasil, proibição do nepotismo, fim do financiamento eleitoral por empresas e fidelidade partidária se inserem nessa categoria: foram decididas na omissão ou contra a vontade do Congresso, para acudir inequívocas reivindicações da sociedade, não acolhidas em razão de um déficit de representatividade.

    Já o papel iluminista deve ser exercido com grande parcimônia e autocontenção, em conjunturas nas quais é preciso empurrar a história. Em alguns momentos cruciais do processo civilizatório, a razão humanista precisa impor-se sobre o senso comum majoritário.

    A abolição da escravatura ou a proteção de mulheres, judeus, negros, homossexuais, deficientes e minorias em geral foram conquistas que nem sempre puderam ser feitas pelo processo político majoritário. É preciso que um órgão não eletivo ajude a dar o salto histórico necessário.

    Exemplos de decisões iluministas de cortes constitucionais: fim da segregação racial nas escolas públicas nos EUA; proibição da tortura de “terroristas” em Israel; abolição da pena de morte na África do Sul; reconhecimento das uniões homoafetivas no Brasil. Há exemplos pelo mundo afora.

    Pela posição do professor Conrado Hübner Mendes, nada disso teria acontecido, e viveríamos sob o risco da tirania da maioria e do paternalismo moralista. Com o respeito devido e merecido, essa é uma visão superada desde o segundo pós-guerra.
    …”

    4
  • NecoCarcara 16/03/2019 at 13:30
  • 8º Passageiro 16/03/2019 at 13:54

    Mito filho direcionando o caminho a ser traçado contra o gópi do sPTf:

    3
  • bolha buritis 16/03/2019 at 13:58

    Leilão ao vivo EUA

    0
  • AL 16/03/2019 at 14:10

    Boa tarde, Cupincha!

    Vai pra prensa na segunda!

    0
    • bolha buritis 16/03/2019 at 14:15

      AL, olha os brinquedinhos no leilão.

      0
    • Grandecupincha 16/03/2019 at 14:52

      Gracias 😄

      0
  • Grandecupincha 16/03/2019 at 15:01

    Hoje tive aula com um advogado e economista, do Sudeste, velha guarda, conhecido do Paulo Guedes, cara super envolvido com o sistema financeiro do país.

    Consegui trocar umas figurinhas rapidamente com ele e trago as seguintes opiniões:

    – aprovadas as reformas mais urgentes, Brasil vai BOMBAR MUITO;

    – diz bombar MESMO, no sentido de ser 3a economia do mundo em 20-30 anos;

    – comentei sobre o Pedro Guimarães, disse ele que é o melhor presidente das estatais financeiras, PG é até meio maluco, pretende abrir uns 4 IPOs só da CEF,

    3
    • bolha buritis 16/03/2019 at 15:06

      E sobre a bagunça ççuprema. Falou algo ?

      0
    • Derick 16/03/2019 at 15:10

      Isso vai acontecer. O Brasil tem muito a ganhar com os novos parceiros comerciais. O Brasil sem a esquerda é de fato o melhor país do mundo.

      2
      • civilizado 16/03/2019 at 15:26

        ontem com as privatizações dos aeroportos já se viu a vontade do estrangeiros em investir aqui….

        0
    • civilizado 16/03/2019 at 15:25

      o primeiro IPO da CEF será de seguros…já este ano , já estão vendo a data…

      0
      • Zé do ranho 16/03/2019 at 15:27

        Alguém vai flipar? Kkkkkkkk

        1
    • civilizado 16/03/2019 at 15:31

      o presidente do BB já disse que seria muito se fosse privativado , o presidente da petro disse a mesma coisa….por ex…Paulo Guedes disse que a metade dos servidores irão se aposentar , mas ele disse que não fará novos concursos…

      0
      • civilizado 16/03/2019 at 15:32

        BB= Braco do Brasil ser privatizado…

        0
        • civilizado 16/03/2019 at 15:33

          putz!! BANCO!!!

          0
    • Leonardo M. 16/03/2019 at 17:20

      Não acredito em 3 maior economia do mundo.
      Temos um povo com raiz socialista e burra.
      6 economia do mundo pode até ser, no máximo uma quinta economia atrás de China, EUA, Alemanha/inglaterra e Japão.

      Povão ainda gosta do estado provendo tudo.
      Não duvido nada que daqui 8 ou 12 anos depois de governo de direita o povo não volte a querer um PT da vida.

      4
      • civilizado 16/03/2019 at 18:31

        é por ai….

        0
  • windville 16/03/2019 at 15:34

    Boa tarde folks,

    Sábado para fazer IR, chove muito aqui na divisa. Essa semana então teremos a reunião na matriz, as duas maiores potências do continente conversando, e quase ninguém falando disso. Um ponto a ser conversado na visita é a base de Alcântara no Maranhão, o Brasil tende a ganhar muito com isso, dependendo dos termos do acordo. E uma notícia que me chamou a atenção entre várias do governo, e que a mídia não passa. Chegaram ver o novo layout na nossa base na Antártica que o presidente postou essa semana? No mínimo diria interessante. Por fim repararam no padrão sobre notícias da economia, a quem sempre é creditado as coisas? Deus Vult!

    1
    • civilizado 16/03/2019 at 15:42

      Acordo sobre uso da base de Alcântara pelos EUA foi modificado para vencer resistências
      Segundo entendimento que será assinado por Bolsonaro nos EUA, brasileiros poderão ter acesso a locais reservados aos americanos na base de lançamento de satélites no Maranhão

      0
      • windville 16/03/2019 at 16:45

        Sim o mundo militar comentou sobre isso num vídeo essa semana.

        0
  • civilizado 16/03/2019 at 15:44

    Bahhhhh…..vão invadir os states!!!kkkk

    Brasil negociará com EUA isenção de vistos para brasileiros, diz ministro
    Segundo Ernesto Araújo, o governo também pedirá que cidadãos brasileiros em situação regular não sejam discriminados nos aeroportos americanos

    1
    • bolha buritis 16/03/2019 at 15:50

      Podiam trazer uns cadillac e corvette também.

      1
      • civilizado 16/03/2019 at 15:51

        não é má ideia!!! rsrsrs

        0
        • bolha buritis 16/03/2019 at 15:52

          Lincoln também.

          0
      • windville 16/03/2019 at 16:46

        Uns Mustangs também não seriam de todo mal.

        0
    • Zé do ranho 16/03/2019 at 16:45

      Difícil hein… No máximo flexibilizar a concessão dos vistos…

      0
      • civilizado 16/03/2019 at 17:17

        acho que não vai rolar nem isso…..

        0
      • Leonardo M. 16/03/2019 at 17:23

        Kkkkkkkkkk

        Vocês estão sonhando d+
        Não é pq agora voltamos a conversar com os EUA que eles vão fazer de nós o mesmo que fazem com a Inglaterra.
        Leva décadas/século pra ganhar a confiança dos americanos para tal.

        0
  • civilizado 16/03/2019 at 15:47

    Ministro do STF suspende fundação da Lava-Jato para gerir até R$ 2,5 bilhões da Petrobras
    Decisão foi tomada a pedido da procuradora-geral da República
    https://oglobo.globo.com/brasil/ministro-do-stf-suspende-fundacao-da-lava-jato-para-gerir-ate-25-bilhoes-da-petrobras-23525950

    Tocaram nesse assunto ontem…felizmente acho que vão suspender..

    1
  • civilizado 16/03/2019 at 17:22

    DIREITO E JUSTIÇA
    Quebra de sigilo indica que Fernando Holliday também estava na “mira” de Ronnie Lessa

    O aprofundamento das investigações está caminhando para rumos até então imprevisíveis no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco.

    A quebra do sigilo telemático de Ronnie Lessa, o principal suspeito do homicídio, revela que a vida do vereador Fernando Holiday, de São Paulo, também foi pesquisada pelo atirador.

    Holiday é negro como Marielle, mas, ao contrário da vereadora, é liberal, de direita e integrante do Movimento Brasil Livre (MBL).

    Segundo reportagem publicada na Revista Época, Lessa chegou a Hollyday em 2 de maio de 2017 quando buscou por “filmes de negros” e “preto, pobre e viado”.

    A revelação pode inclinar para um provável crime de racismo, como causa da morte de Marielle, afastando-se assim de eventuais questões políticas ou de posicionamentos políticos adotados pela parlamentar.

    Um outro fato a ser considerado é que há poucos dias, o próprio Hollyday foi vítima de um atentado.

    0
  • civilizado 16/03/2019 at 17:28

    Deltan afirma que defesas se preparam para tirar casos da Lava Jato da Justiça Federal
    Declaração ocorre após decisão do Supremo que autoriza julgamento de crimes envolvendo caixa dois pela Justiça Eleitoral

    O coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol afirmou, nesta sexta-feira, que defesas já estão se movimentando para tirar casos da Lava Jato da Justiça Federal. Nesta quinta, o Supremo Tribunal Federal decidiu, por 6 a 5, que crimes comuns conexos com caixa dois devem ser enviados à Justiça Eleitoral.

    A decisão representa dura derrota para a Lava Jato, que defende enfaticamente a separação das investigações, na prática, crimes de corrupção e lavagem de dinheiro sob a tutela da Justiça comum e caixa dois na Justiça Eleitoral, decisão que levou o magistrado a se manifestar por meio de seu Twitter.

    A 13ª Vara Federal em Curitiba já começou a receber pedidos de declinação de competência, ou seja, pedidos para que os casos da Lava Jato sejam remetidos para a Justiça Eleitoral. Efeito da decisão de ontem do STF.

    Logo após o julgamento, nesta quinta, Deltan afirmou. “Hoje, começou a se fechar a janela de combate à corrupção política que se abriu há 5 anos, no início da Lava Jato”. Antes do julgamento, o decano da Lava Jato, Carlos Fernando Santos Lima, já alertava para os efeitos da decisão. “É quase inacreditável que haja uma intenção real de se tomar essa decisão. Porque podem jogar cinco anos no lixo, por uma questão técnica sem relevância.”

    Decisão
    O ministro Dias Toffoli se uniu ao relator Marco Aurélio Mello e também aos ministros Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello, decano da Corte. Foram vencidos os ministros Edson Fachin, Rosa Weber, Luís Roberto Barroso, Cármen Lúcia e Luiz Fux, que votaram na linha defendida pelos procuradores da força-tarefa do Ministério Público Federal no Paraná, ou seja, pela separação das investigações.

    Os seis ministros que formaram a maioria na Corte destacaram artigo do Código Eleitoral que define que cabe aos juízes eleitorais julgar os crimes eleitorais e os comuns que lhe forem conexos.

    O entendimento vinha sendo utilizado em julgamentos pela Segunda Turma do STF, que enviou, por exemplo, o inquérito aberto com base na delação da Odebrecht contra o senador José Serra (PSDB) para a Justiça Eleitoral de São Paulo, em agosto do ano passado. Investigações de pelo menos outras 20 pessoas também foram para a Justiça Eleitoral, entre elas as dos ex-presidentes Michel Temer e Dilma Rousseff.

    0
    • Quero mais é que se f... 16/03/2019 at 17:34

      Uma votação de 6 a 5.

      Puro teatro desses venais corruPTos do sPTf.

      1
  • civilizado 16/03/2019 at 17:42

    Ex-aluno afirma que queria participar do massacre em Suzano

    Ex-aluno suspeito de participação no planejamento do massacre em escola de Suzano lamentou não ter sido incluído no ato pelos comparsas.
    O jovem de 17 anos foi interrogado nesta sexta-feira (15) pela Polícia Civil.

    O rapaz negou envolvimento direto com o massacre da escola Raul Brasil, em Suzano, mas disse lamentar não ter sido incluído no ato.

    “Ele não sabe dizer por que não foi convidado e esperava ter sido”, disse o delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Ruy Ferraz Fortes, responsável pelas investigações da tragédia, registra a VEJA.

    O indivíduo, que também é ex-aluno da escola alvo do ataque, foi interrogado pela segunda vez em depoimento que durou cerca de duas horas.

    De acordo com a polícia, ele sugeriu a Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, que utilizassem bombas e explosivos, mas confirmou que não participou da ação.

    A polícia também realizou buscas na casa dele e encontrou coturnos semelhantes aos utilizados pelos autores do massacre.

    O delegado chegou a pedir a apreensão do jovem, mas a promotoria avaliou que não havia indícios suficientes e deve aguardar a conclusão do inquérito.

    0
  • civilizado 16/03/2019 at 17:44

    OHHHH noticia boaaaaaaaaa!!!!
    Paulo Guedes descarta novos concursos públicos

    Paulo Guedes disse que metade dos servidores vai se aposentar e descartou novos concursos: “Vamos investir na digitalização”, afirmou.
    Durante evento na Fundação Getúlio Vargas (FGV), nesta sexta-feira (15), o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou:

    “Cerca de 40% a 50% do funcionalismo federal irá se aposentar nos próximos anos, e a ideia é não contratar pessoas para repor. Vamos investir na digitalização.”

    De acordo com Guedes, a recuperação econômica do Brasil depende da aprovação de medidas efetivas, como a reforma da Previdência, e a revisão do pacto federativo com estados e municípios.

    Acerca da dificuldade financeira enfrentada por governadores e prefeitos, segundo O Globo, o ministro afirmou que, sem aprovação da reforma, não haverá possibilidade de ajuda da União:

    “Me ajuda a fazer a Reforma, que o dinheiro cai naturalmente.”

    2
    • Nonada 16/03/2019 at 17:55

      Yeah!
      4ª Revolução Industrial MODE ON!

      1
  • 8º Passageiro 16/03/2019 at 17:50

    AO VIVO: PROCURADORES DA LAVA JATO FAZEM ATO EM DEFESA DA OPERAÇÃO – STF – PRONUNCIAMENTO

    1
  • Jucira 16/03/2019 at 18:13

    Boa tarde, alguém sabe se terá algum movimento na rua amanhã contra o STJ?

    0
    • lord hope 16/03/2019 at 18:23

      em todo o brasil. no rio será em copa pelo que li

      1
  • lord hope 16/03/2019 at 18:23

    essa noticia sobre o guedes dizendo que não haverão concursos deve estar fazendo a juventude concurseira tremer na base… kkkk

    e as dezenas de milhares de cursinhos…

    4
    • Leonardo M. 16/03/2019 at 18:33

      Pode até ser na esfera federal mas uma hora ele vai ter que ceder pois se o Bolsonaro quiser criar mais força tarefa contra corrupção e crime organizado através da PF então vai precisar abrir concurso público.
      Lembrando que a PF não tem um contingente muito grande pelo porte/número de crimes que o Brasil tem.

      2
      • civilizado 16/03/2019 at 18:41

        cara, da uma pesquisada na revolução digital 5.0…é de tremer as base…muitas profissões ficaram nanicas ou vão acabar…incluíndo area médica, advogacia , etc,etc,etc,etc,etc,…

        0
        • Leonardo M. 16/03/2019 at 20:39

          Eu já li sobre isso
          Em 50 anos mais da metade das profissões que existem hoje não existirão mais.

          Assista o filme de Matt Damon e o esquerdista do tropa de elite
          Elysium
          Vai ser mais ou menos assim

          0
          • civilizado 16/03/2019 at 21:10

            olha tu esta sendo otimista em botar 50 anos….do jeito que está encaminhando a coisa acho que vai ser em bem menos tempo…ou seja o cidadão comum , vai ter que sempre se reinventar..sempre fazer cursos em áreas que naquele momento está precisando de mão de obra e com a velocidade da tecnologia o mesmo cidadão anos depois vai ter que se reinventar novamente em outra área…vai ser por ai….

            0
  • Zé do ranho 16/03/2019 at 18:42

    Esse ano ainda não é obrigado a lançar a matrícula de imóveis e o RENAVAN dos carros no imposto de renda né?

    0
    • civilizado 16/03/2019 at 18:44

      eu já faço desde do ano passado…

      0
      • Zé do ranho 16/03/2019 at 18:49

        Não teria problema em lançar, mas enquanto não for obrigatório eu vou deixando… kkkkk

        0
        • civilizado 16/03/2019 at 18:51

          ta certo…mas não tem volta…

          0
    • windville 16/03/2019 at 19:06

      Ainda não, mas uma hora vai ser obrigatório.

      0
  • Nonada 16/03/2019 at 20:23

    INTELIGÊNCIA Como o Cérebro Aprende Palestra do Prof Pierluigi Piazzi

    0
    • Nonada 16/03/2019 at 20:33

      A diferença está entre estudantes e alunos.

      0
  • Rodrigo 16/03/2019 at 20:30

    O Brasil não vai.
    Apenas demos uma corrigida na rota.
    Não esperem nada de grande dessa nova geração na faixa 20 a 35

    0
  • ultraje 16/03/2019 at 20:33

    0
  • Rodrigo 16/03/2019 at 20:37

    Fiquei sabendo de um cara que financiou una casa no caixão na seguinte condição: 26a, pedreiro, em auxílio doença há dois anos por trauma.
    Vai?

    0
  • ultraje 16/03/2019 at 20:50

    Leonardo M.
    Não acredito em 3 maior economia do mundo.
    Temos um povo com raiz socialista e burra.
    6 economia do mundo pode até ser, no máximo uma quinta economia atrás de China, EUA, Alemanha/inglaterra e Japão.
    Povão ainda gosta do estado provendo tudo.
    Não duvido nada que daqui 8 ou 12 anos depois de governo de direita o povo não volte a querer um PT da vida.

    1

    Eu tenho uma outra perspectiva aí, não sobre como estamos agora, mas sim sobre como mudamos bastante nos últimos 4 anos e pelo menos eu acredito que iremos mudar muito mais nos próximos 4.

    As coisas estão cada vez mais aceleradas, quem imaginaria o tanto de brasileiro que acordou e logo depois de eleger a Dilma em 2014 se uniu pra tirar ela, mudar grande parte do congresso e eleger o Mito em 2018?

    Diziam pouco tempo atrás que só com duas gerações pra mudar o pensamento do brasileiro comum. Mas isso com as tecnologias antigas.

    Veio a internet e acelerou tudo, hoje podemos aprender várias coisas muito mais rápido que antigamente.

    E além das tecnologias tem o lado espiritual que eu e alguns mais aqui acreditam bastante. Também influenciou muito. Alguns aprenderam pelo amor, a maioria aprendeu ou vai aprender pela dor, mas vai aprender e vai mudar pra melhor.

    O Brasil foi um dos primeiros países a eleger governo de direita nesses últimos anos, saiu na frente de vários outros mais. Além de todo potencial que temos, terras, água, recursos minerais.

    Quinta economia do mundo já fomos se não me engano, na próxima década é de terceira pra cima.

    2
    • Nonada 16/03/2019 at 20:54

      Estamos entre a 8ª e 9ª economia no mundo.

      0
      • ultraje 16/03/2019 at 20:57

        Sim, eu falei que já fomos quinta, não que somos.

        A China vai cair, o Japão está em queda constante nos últimos anos. Esses dois estão mais distantes, mas já estão caindo e provavelmente cairão mais. Itália, França e UK estamos bem perto.

        0
        • ultraje 16/03/2019 at 21:00

          Pesquisei no google, Brasil foi a sexta economia, não a quinta, mas encontrei várias previsões de economistas que logo se tornaria a quinta.

          0
        • Nonada 16/03/2019 at 21:02

          Japan possui previsão de queda.

          https://tradingeconomics.com/japan/gdp

          0
        • Nonada 16/03/2019 at 21:03
          • ultraje 16/03/2019 at 21:11

            Acredite quem quiser nos números oficiais do governo chinês. Eu não confio e pra mim eles irão cair no mínimo tanto quanto o Japão caiu depois da década de 80, provavelmente muito mais.

            Só pra constar, em 1998 o Brasil tinha economia do mesmo tamanho da China… Hoje a China é umas 7 vezes maior que o Brasil, só 20 anos depois.

            Olha o que eles cresceram e o que nós paramos no tempo.

            Se tivéssemos hoje o PIB da China, teríamos renda per capita maior que a dos EUA.

            Pra mim China irá cair bastante e Brasil cresce bastante, Brasil já foi de mais ou menos 49 pra 8 depois da década de 60…

            1
      • Nonada 16/03/2019 at 21:08

        “Quinta economia do mundo já fomos se não me engano, na próxima década é de terceira pra cima.”

        Caríssimo Ultraje,

        Objetivei apenas criar um contraponto quanto ao Brasil ascender à 3ª economia mundial na próxima década.

        Isto implicaria em um crescimento vigoroso que, dadas as condições de temperatura e pressão atuais e em um futuro próximo, não se concretizaria.

        Enfim, há uma complexo de fatores que não nos favorece neste sentido.

        0
        • ultraje 16/03/2019 at 21:13

          Olha meu posta acima de agora, Brasil já foi de 49 pra 8 economia aproximadamente durante o regime militar.

          China em 98 era do mesmo tamanho do Brasil, hoje, 20 anos depois, é mais ou menos 7 vezes maior…

          0
          • ultraje 16/03/2019 at 21:22

            Na real foi em 96, dois anos antes e não em 98:

            https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_past_and_projected_GDP_(nominal)

            Em 96 a China tinha GDP de 867,224 e o Brasil de 850,800, praticamente igual (em milhões de dólares).

            Hoje, 23 anos depois, a China tem gdp de $14.172 trillion e o Brasil de $1.929 trillion, praticamente 7 vezes mais.

            0
          • Nonada 16/03/2019 at 22:24

            Realmente, estes fatos são irrefutáveis e coincidem com as fases de estruturação das referidas economias, ou seja, fases em que se investe em infraestrutura como estradas, usinas hidrelétricas, etc.

            No entanto, ao se exaurirem estas fases, ingressasse em uma nova dinâmica econômica que exige investimentos em outras áreas para manutenção do crescimento e superação de uma inevitável estagnação caso não o faça. No caso brasileiro, houve a estagnação muito notável nos anos 80 e 90 e, no caso chinês, pode haver indícios de que esta estagnação ocorre neste momento.

            Enfim, haverá investimentos em áreas diversas destas de infraestrutura que, de tempos em tempos, permitem vôos altos com estagnação? Tudo indica que não.

            1
            • ultraje 16/03/2019 at 22:37

              Legal que você notou que o aconteceu no Brasil nos anos 80 provavelmente vai acontecer logo mais na China!

              Mas hoje no Brasil não estamos repetindo o modelo da década de 60/70 de muito investimento público na infra.

              Hoje está sendo diferente, por exemplo teve leilão de quase 3 bi em aeroportos poucos dias atrás, investimento de iniciativa privada que vai criar empregos, gerar impostos e facilitar a vida de todos.

              Teremos diminuição de burocracia, de impostos, de regulamentações, aumento de concorrência com abertura gradual da economia (pra não matar de vez as empresas brasileiras ferradas hoje justamente com impostos, burocracia entre outros).

              E a área que o Congresso está mais afinada é exatamente a área econômica do Guedes…

              0
            • Nonada 17/03/2019 at 01:53

              # ingressasse = ingressa-se

              0
        • civilizado 16/03/2019 at 21:15

          voces estão muito otimista…..não acredito…pode ater dá uma bombada…mas a probabilidade de ser voo de galinha é grande!!

          1
        • Leonardo M. 16/03/2019 at 22:19

          Para o Brasil ser a 3 maior economia do mundo pelo menos 60% da população teria que ser adepta das ideias de Von Mises.

          Povão quer estado, INSS, Sus, universidade federal de “graça”, querem que a Petrobrás continue na mão do governo e que a prefeitura da cidade corte o mato na calçada que ela possue.

          1
          • ultraje 16/03/2019 at 22:30

            A China cresceu 7 vezes mais que o Brasil de 96 até hoje e com certeza a grande maioria da população deles não é adepta do Mises, nem nunca ouviu falar…

            O Brasil cresceu muito de 64 até 80 e poucos e quase ninguém sabia do Mises naquela época.

            Se tivermos um governo ciente dele e temos, já é um grande passo.

            2
            • Leonardo M. 16/03/2019 at 23:20

              O Brasil tem capacidade de ser a 2 economia do mundo se quiser…

              Se o povo quiser …
              Mas agente sabe que férias, recessos, feriados, carnaval, atestados médicos, natal, páscoa, 7 de setembro, dias dos mortos, copa do mundo, etc etc são mais importantes do que trabalhar nesse país.

              0
        • ultraje 16/03/2019 at 22:26

          Sobre o contraponto, eu sempre gosto de contrapontos! Já mudei de opinião sobre alguns assuntos algumas vezes.

          E quanto ao Brasil ter ido de 49 economia mais ou menos pra nona durante o regime militar e a China ter crescido 7 vezes mais que o Brasil desde 96 até hoje, é só pra mostrar que é possível crescer bastante, passado não é garantia de futuro, mas o próprio Brasil já fez isso e uma economia que era do mesmo tamanho do Brasil em 96 também já fez isso.

          E olha que eu acho que os chineses de 96 não eram muito melhores que os bananenses de hoje. E hoje temos tecnologia pra acelerar o crescimento pessoal muito melhor, incluindo vários apps “de grátis”.

          Mas continuo achando que o Brasil vai crescer bastante, passando reforma da previdência e tirando parte do deficit dela dá pra investir em infra estrutura uma parte que sobrar disso e outra com a outra parte que sobrar cortar em impostos juntamente com a reforma tributária. E esta junto com pelo menos mini reforma na CLT vai criar vários empregos. Depois dessas poderemos abrir mais a economia, mais concorrência externa, mais competitividade e preços mais baixos pro brasileiro, aumentando o poder aquisitivo sem precisar aumentar o salário, com preços mais baixos compramos mais com o mesmo salário.

          Imagina hoje um brasileiro pagando 100k num carro que sem os impostos de hoje e com mais concorrência pagaria uns 50k. Pagando menos no carro sobra um monte pra ele gastar em outras coisas, em alimentação, roupas, móveis, coisas tipicamente produzidas aqui no BR. E olha que nem considerei nessa conta que os 100k do carro se transformam no mínimo em 200k com juros do financiamento que a maioria paga hoje. E abertura do mercado bancário vai melhorar essa parte também.

          1
    • Leonardo M. 16/03/2019 at 22:23

      Sonhos de uma noite de verão

      Daqui 8,12 ou 16 anos pode vir um eco/bonitão/amante dos animais/doador de dinheiro pra causas nobres/30 e poucos anos/cool/socialistinha light com uma nova bandeira é conseguir entrar na presidência.

      Não duvide da capacidade do brasileiro de fazer boshta

      2
      • ultraje 16/03/2019 at 22:40

        Nunca duvido, mas não é o que estou percebendo.

        Sempre posso estar errado, mas é o que acho e confio.

        Pessoal, boa noite, estou de saída.

        1
  • sem cadastro 16/03/2019 at 20:56

    Grandecupincha
    Hoje tive aula com um advogado e economista, do Sudeste, velha guarda, conhecido do Paulo Guedes, cara super envolvido com o sistema financeiro do país.
    Consegui trocar umas figurinhas rapidamente com ele e trago as seguintes opiniões:
    – aprovadas as reformas mais urgentes, Brasil vai BOMBAR MUITO;
    – diz bombar MESMO, no sentido de ser 3a economia do mundo em 20-30 anos;
    – comentei sobre o Pedro Guimarães, disse ele que é o melhor presidente das estatais financeiras, PG é até meio maluco, pretende abrir uns 4 IPOs só da CEF,

    2

    O PG do caixão me parece ser bem mais astuto e com apetite de mercado, do que o novo presidente do bb. Achei aquele tiozinho molenga demais, com seu ar bonachão não parece estar afim de realizar profundas mudanças naquela instituição.

    O fato de soltar aos quatro ventos que esse banco precisa ser privatizado não o credencia para efetivamente implementar tamanho feito. Pode ser somente algum despiste. Sei lá.

    Acho que ele precisaria agir mais e falar menos. A exemplo da cef, o bb está infestado de esquerdalhas por todos os lados. A limpeza será lenta e dolorosa, se não houver privatização.

    1
    • civilizado 16/03/2019 at 20:58

      acho que o presidente do bb estava ou está mandando recados….e aquilo é um entro…

      0
      • civilizado 16/03/2019 at 20:59

        ..antro…

        0
      • sem cadastro 16/03/2019 at 21:01

        Poii é, pode ser sim. O problema é que o próprio Bolsonaro já disse que não pretende privatizar esses bancos e nem a petro.

        0
        • civilizado 16/03/2019 at 21:24

          sim, ele falou isso…..pois o presidente da petro tbm falou a mesma coisa, em privatizar a petro..eu acho estranho isso….

          0
  • Zé do Faz 16/03/2019 at 21:30

    Minha primeira formação foi em contabilidade.
    Então eu digo: números são maquiados, independente do tamanho. Pode ser da banca do João das Couves ou da economia chinesa.
    O cliente sempre coloca o que quer.

    2
    • Kurt 16/03/2019 at 22:00

      Verdade.Fui tentar estudar contabilidade há muitos anos atrás, e me pareceu que a notação é feita pra confundir mesmo.Débito é crédito e vice-versa, por exemplo.

      1
  • Rodrigo 16/03/2019 at 21:48

    Aqui nos pampas tiramos o PT 3 vezes, e eles voltaram 4 vezes.
    Não sou tão otimista.
    Mas se o supremo antro cair, aí mudo minha perspectiva

    1
  • civilizado 16/03/2019 at 21:52

    Vão vendo como anda a produção automoveis pelo mundo e consequentemente a gasolina tbm…
    Ford quer cortar 5.000 empregos na Alemanha e reduzir mão de obra no Reino Unido
    Volkswagen também anunciou redução de 5.000 a 7.000 postos até 2023

    0
    • civilizado 16/03/2019 at 21:53

      OPEP…vai ter que se reinventar

      0
      • Leonardo M. 16/03/2019 at 23:54

        Os árabes tem fundos te investimento que ultrapassam o PIB do Brasil.

        O dinheiro deles estão seguros na Suiça, ações americanas, terras, jóias,ouro, etc
        Se amanha o petróleo não for mais necessário as famílias reais da Arábia, Qatar e EAU vão viver bem pelos próximos 300 anos.

        0
    • Mente do Mal 17/03/2019 at 00:31

      E daí que carro zero será artigo de luxo?
      Já estamos acostumados a isso por aqui…

      0
  • Escreva seu Comentário (Ir para o início)