Influência de Israel na sociedade contemporânea

Ainda há reflexos das antigas promessas de Deus a Israel? A reposta é sim! Primeiramente sabemos que Deus não muda, e suas promessas duram para sempre. Assim, ainda há promessas para Israel. Na Bíblia encontramos várias passagens que Deus nunca abandonou àquela nação. Mas tendo em vista que hoje a salvação é pela fé em Cristo Jesus, como aconteceria a salvação do povo judeu? Não se sabe ao certo, essa é uma parte que não foi revelada. 

De qualquer forma, não há outra razão que explique o sucesso do povo judeu, que não seja bíblico, mas podemos ver também sua postura como engrenagem necessária para toda essa prosperidade, e, dentro de nossa realidade Cristã, adotar postura semelhante. 

Vejamos alguns números da prosperidade em Israel:

A Agricultura em Israel é um dos aspectos econômicos mais desenvolvidos. Israel é um grande exportador de produtos hortícolas e frutícolas, e líder mundial em pesquisa agrícola, apesar de sua geografia extremamente hostil à prática das atividades agrícolas. Mais da metade do país é composta de solos desérticos, com pouquíssima incidência pluviométrica e um clima hostil. Apenas 20% das terras de Israel são aráveis .

O país tem apenas 22.072 km² (menor do que o estado de Sergipe e ainda tendo 60% deste total ocupado por deserto) e 8,1 milhões de cidadãos (sendo 75,3% judeus). Os 22 estados árabes possuem 350 milhões de habitantes, enquanto os 60 países islâmicos já somam 1,2 bilhão de seguidores.

Israel teve deflação de 0,2% em 2014; a economia cresceu 3,2% na média dos três últimos anos; o país possui uma invejável renda per capita de quase US$ 35 mil e índice de qualidade de vida de 0,888 – um dos mais elevados do mundo. Considerada a “cidade que nunca para”, Tel Aviv conquistou recentemente o “Prêmio Mundial de Cidades Inteligentes”. Apesar de ser obrigado a investir cerca 10% do PIB na defesa do país, Israel é o país que mais gasta com pesquisa e desenvolvimento (P&D): são 4,4% do seu PIB, quase o dobro da média (2,4%) dos 34 países desenvolvidos que compõem a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Toda empresa multinacional de tecnologia do mundo tem um centro de P&D em Israel, incluindo Intel, IBM, Microsoft, Google, Facebook e Apple.

Entre os muitos judeus que têm contribuído significativamente para a humanidade, em todas as áreas do pensamento, estão Albert Sabin (vacina contra a poliomielite), Arthur Solomon Loevenhart (um dos responsáveis pelos medicamentos contra a sífilis), Selman Abraham (descobriu a estreptomicina, valorosa no tratamento da tuberculose), além de Albert Einstein (teoria da relatividade), Siegried Marcus (criou o motor à gasolina) e Sigmund Freud (psicanálise), só para citar alguns. Enfim, contando com apenas 0,2% da população mundial, os judeus já conquistaram 22% de todos os “Prêmios Nobel”.

Mas o relevante papel de judeus na construção da sociedade brasileira data muito antes disto. Em 1412, o infante D. Henrique, ao fundar a Escola de Sagres, trouxe o judeu Iehudá Crescas para ensinar aos pilotos portugueses fundamentos da navegação, produção e manejo de cartas e instrumentos náuticos. Mais tarde, outros judeus colaboraram, como José Vizinho, mestre Rodrigo e Abraham Zacuto, que planejou a viagem de Vasco da Gama às Índias. Sua contribuição possibilitou as viagens transoceânicas e as descobertas marítimas de Portugal. Na frota de Cabral, viajaram como conselheiros pelo menos dois judeus: Mestre João, para pesquisas astronômicas e geográficas, e Gaspar de Lemos (ou da Gama), que foi considerado corresponsável pelo descobrimento. Segundo alguns historiadores, o próprio Cabral, originário de Belmonte, conhecida cidade de marranos, teria origem judaica. Em 1503 o judeu Fernando de Noronha liderou um grupo de judeus portugueses que apresentou a D. Manuel a primeira proposta de colonização do novo território.
 
https://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/o-minimo-que-voce-precisa-saber-sobre-israel/
 
Não nos limitemos à mera coleta de dados. No livro “Os Judeus e a vida econômica”, de Werner Sombart, o autor nos proporciona uma leitura capaz de estabelecer com propriedade a relação entre os ensinos judaicos e a prosperidade na economia dos povos.

Sombart desce até as raízes da cultura judaica à procura da razão do capitalismo como modo de produção. E a religião judaica é a essência do espírito do capitalismo, a racionalidade do homem criando a contabilidade como forma de medir o lucro, de entender a procedência do lucro e de que forma este se manifesta na sociedade. Em outras palavras, podemos dizer que os judeus padronizaram as relações econômicas nacionais e internacionais.

Na formatação dos Estados Nacionais em seus primórdios, a participação dos judeus se deu de forma indireta. De que forma? De duas formas. A primeira, através de elementos sobre o qual está apoiado todo o sistema estatal moderno, ou seja, as forças armadas. Como? Através de meios materiais, como fornecedores de armas, uniformes e víveres. A segunda, provendo as eventuais necessidades financeiras do Estado, atuando como assessores econômicos da corte e ocupando cargos de ministros da Fazenda junto aos príncipes. 

Este livro parte da seguinte afirmação unilateral: não haveria capitalismo moderno e nem cultura moderna sem a dispersão dos judeus pelos países setentrionais do globo terrestre. Para isso ele descarta a concepção de raça como fundamento da vida econômica. O livro é absolutamente científico, muito embora tenha um juízo de valor, mas as observações são feitas sobre fatos, documentados e pesquisados em fontes primárias. O livro é uma valoração aos judeus, da sua essência e de suas realizações. Ao mesmo tempo torna-se inadmissível caracterizar os judeus como raça inferior ou superior. Sombart logo no início de seu livro diz:
 
“Não há um só ser humano, não há uma só raça, que pudesse ser valorada como superior às demais nesse sentido. E quando homens sérios ainda assim voltam a tentar empreender tais valores, naturalmente têm o direito de emitir sua opinião pessoal. Porém, no momento em que os juízos de valor pretendem assumir o caráter de um juízo objetivo e universal, devemos despi-los implacavelmente da dignidade que falsamente se arrogam e – tendo em vista a periculosidade de tais sub-repções – não podemos hesitar em utilizar a arma mais poderosa na batalha dos espíritos: a ridicularização” (pg. 9)

Os judeus retratados por Sombart passam pela Europa como o progresso, como o sol: onde eles chegam, uma nova vida acontece; quando eles saem, o mofo surge de tudo que ali havia brotado. Alguns exemplos confirmam que a observação está correta. No século XV os judeus foram expulsos da Espanha, de Portugal e de algumas cidades comerciais alemãs, como Colônia, Augsburgo, Estrasburgo, Erfurt, Nuremberg, Ulm. O retrocesso econômico desses países e dessas cidades no século XV e XVI coincide com a expulsão dos judeus. A Holanda torna-se refúgio de muitos deles.

Os primeiros marranos (descendentes de judeus sefarditas portugueses e espanhóis que foram obrigados a abandonar a Lei Judaica e a se converter ao cristianismo, mas que professavam o judaísmo mesmo que clandestinamente) portugueses se fixam em Amsterdã em 1593 e logo recebem reforço. A partir de 1598 foram inauguradas, com a chegada dos judeus, numerosas comunidades judaicas e sinagogas, a ponto dos judeus chamarem:
  “… Amsterdã naquela época de sua nova e grande Jerusalém” 

A Holanda só se tornou uma potência do comércio mundial depois que os judeus deslocaram as suas representações comerciais para lugares mais longínquos e ao mesmo tempo mais próximos um dos outros, principalmente quando o Ocidente foi incluído no comércio mundial. A Companhia das Índias Ocidentais e Orientais deram o tom ao comércio mundial e foram financiadas pelo dinheiro judeu.

E não foi apenas na Holanda. Cromwell, que dissolveu a monarquia na Inglaterra estabelecendo a “Commonwealth of England” mais de cem anos antes da Revolução Francesa, abriu as portas para os judeus e suas casas comerciais para fazer florescer o comércio de suas mercadorias, mas também para conquistar profissionais judeus capazes de ocupar postos importantes no seu governo. Alguns experts da história judaico-inglesa dizem que houve judeus em todos os séculos na Inglaterra e que na era elizabetana já havia muitos deles. A própria rainha Elizabeth tinha uma predileção por estudos hebraicos e convívio judaico.

Na França, Colbert, ministro de estado de Luiz XIV, também demonstrava simpatia e reconhecia a aptidão dos judeus para desenvolver a economia nacional do país. Ele enxergou as grandes vantagens que a cidade de Marselha poderia tirar da habilidade dos judeus.

Com a descoberta do “Novo Mundo” e o acesso às riquezas das colônias, a Europa Ocidental saiu em busca dos tesouros (ouro, prata) e das mercadorias. Quando se fala de colônia na América no século XVI, fala-se em açúcar. É no Brasil que se encontra a possibilidade de ampliar a produção de açúcar. Os primeiros judeus a desembarcarem no Brasil acabaram tornando-se classes dominantes no país, até serem expulsos.
  “Foi alguém desse povo que, como o primeiro governador-geral, pôs ordem na administração da colônia: de fato, a nova possessão só começou a florescer mesmo quando, no ano de 1549, foi mandado para lá Tomé de Souza, um homem de excelentes qualidades. Porém, a colônia só chegou à plenitude do seu esplendor quando passou para o poder dos holandeses (1624) e os ricos judeus holandeses começaram a rumar para lá. Em 1624, numerosos judeus americanos se unem e fundem uma colônia no Brasil, para a qual emigram 600 renomados judeus da Holanda. Ainda nessa primeira metade do século XVII, todas as grandes plantações de cana de açúcar já se encontravam em poder dos judeus, cuja atividade abrangente e riqueza eram tema de relatos feitos por viajantes” (pg. 56)

Essa supremacia do elemento judeu no ramo das atividades de plantações no Brasil perdurou ao período do domínio holandês e se expandiu até o século XVII – apesar da expulsão dos judeus no ano de 1654. As consequências para a colônia foram terríveis, principalmente na primeira metade do século XVIII, quando vários renomados comerciantes caíram nas mãos do tribunal do Santo Ofício (Inquisição). As atividades ficaram paralisadas em todas as plantações. A produção e o comércio da província (isto é, Bahia) só conseguiram se recuperar desse golpe depois de muito tempo. Sombart, pesquisando fontes primárias, constata a forte participação dos judeus em todas as fundações coloniais. Isso vale tanto para o Ocidente como para o Oriente.

Nas Índias Orientais, por exemplo, segundo as fontes pesquisadas pelo autor, já havia judeus residindo em grande número desde a Idade Média e, no momento em que as nações europeias potencializaram seu comércio após 1498, encontraram comerciantes judeus que lá residiam como aliados no comércio. E o que eles tinham em comum? Os judeus que residiam no Oriente se comunicavam com outros judeus da Companhia das Índias Orientais através do ídiche, o que facilitava o entendimento entre eles.
 “Sabemos que o governador-geral da Companhia das Índias Orientais, mesmo que não se possa chamá-lo de fundador do poder holandês em Java, certamente foi quem mais contribuiu para sua consolidação”, chamava-se Cohn (Cohen). E facilmente podemos nos convencer de que ele não foi o único governador judeu das possessões holandesas na Índia quando submetemos os perfis desses funcionários a uma inspeção. Porém encontramos judeus também como diretores da Companhia das Índias Orientais e, em suma, também em toda parte nos negócios coloniais” (pg. 50)

Nos Estados Unidos, os judeus estão ligados como um fio dourado, do começo ao fim no tecido da economia americana. A história das colônias da América se confunde com a própria história dos judeus, e esta se divide em dois períodos diferentes, separados pela data de sua expulsão do Brasil em 1654. Os judeus levaram com eles a tecnologia da produção de açúcar em massa, incluindo a mão de obra especializada e adaptada ao sistema de plantation que foi compartilhada nas ilhas do Caribe.

Para Sombart, a diáspora judaico-brasileira ocorrida em 1654, quando parte dos judeus refugiados do Brasil buscaram abrigo na colônia holandesa de Nova Amsterdã, à beira do rio Hudson, foi apenas o começo do sucesso na América.

Os judeus que deixaram o Brasil não eram homens pobres ou pedintes. Ao contrário, vinham de famílias ricas e foram ao encontro de um novo ambiente econômico, onde encontraram novas possibilidades de mercados, assegurados pelos interesses holandeses na América, que eram inovadores na arte de negociar e comercializar.

Werner Sombart menciona um discurso do presidente Roosevelt ao Comitê na festa do 250º aniversário da imigração americana, na qual ele deu às suas felicitações uma roupagem especialmente honrosa.
  
“Ele disse ter sido a primeira vez durante o seu mandato presidencial que ele escreveu uma saudação por ocasião de uma festividade; mas que tinha obrigação de fazer essa exceção: o ensejo teria sido de uma grandiosidade ímpar. As perseguições a que os judeus estariam novamente expostos naquela época colocam-no muito especialmente na urgente obrigação de enfatizar as excelentes qualidades cidadãs que esses homens de crença e raça judaicas teriam desenvolvido desde que chegaram ao país. Ao narrar então os atos meritórios dos judeus pelos Estados Unidos, ele se vale de uma formulação que acerta perfeitamente no cerne da questão: os judeus ajudaram a construir o país.” (pg. 61)

Outro ponto abordado por Sombart é o papel da religião judaica. Os maiores eruditos do Talmude eram, em sua grande maioria, simultaneamente os mais hábeis financistas, médicos, joalheiros, comerciantes. O Talmude se tornou “a possessão fundamental do povo judeu, seu fôlego de vida, sua alma”. (pg. 291) Um exemplo oferecido pelo autor é o velho Armschel Rothschild, que viveu rigorosamente de acordo com a lei judaica.

Um dos pontos que aproximam a religião judaica do capitalismo é a regulação contratual. O sistema religioso inteiro do judaísmo é um contrato entre Javé e o povo eleito por ele: um contrato com todas as obrigações de uma relação contratual. Deus promete algo e dá algo, e os justos devem dar-lhe algo como contrapartida.

A comunhão entre Deus e o ser humano é efetivada da seguinte forma: o ser humano realiza algo em conformidade com a Torá e em troca recebe algo correspondente de Deus. A relação contratual é tramitada, de modo que o ser humano é recompensado por cada um de seus deveres cumpridos e sofre prejuízo quando não cumpre a lei. Resumindo, podemos dizer que o “justo” vive bem e o “ímpio” vive mal.

Não pode haver felicidade terrena dissociada de Deus. Por essa razão, seria tolice buscar a felicidade dos bens terrenos em função deles mesmos. Mas é sábio buscá-la como algo enquadrado com a benção divina e com a justiça na qualidade de recompensa.

No Talmude, Sombart seleciona numerosas passagens em que a riqueza é considerada uma benção quando o rico anda nos caminhos de Deus, e a pobreza é a maldição. E em momento algum a riqueza é desaprovada.

Peguemos um exemplo bíblico: “o sofrimento de Jó”, que passou por provas duríssimas e foi recompensado com toda a fartura.

Werner Sombart foi chamado de antissemita pelos judeus por associar a riqueza à religião. Mas afirmo com toda a tranquilidade que não há nada no livro que possa ser chamado de antissemita, salvo por aqueles judeus que possuem uma mentalidade anticapitalista. Ela é tão descabida como chamar Max Weber de anticristo por ter estabelecido a ética protestante como incentivadora do espírito do capitalismo na América, já que o reino dos céus está trancado para o cristão rico de acordo com a fé católica.
  
“Então disse Jesus aos seus discípulos: “Com toda a certeza vos afirmo que dificilmente um rico entrará no reino dos céus. E lhes digo mais: é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino dos céus”. Ouvindo isso, os discípulos ficaram atônitos e exclamaram: sendo assim que pode ser salvo?” (Mateus 19:23)”

Vou parar por aqui. Agora deixo vocês interpretarem o livro de acordo com os critérios de vocês. É um estudo, que, apesar das críticas sofridas, é rigorosamente científico. As ideias básicas do capitalismo da essência judaica estão em pleno acordo em proporções surpreendentes e são muito bem fundamentadas no livro. Esta resenha serve apenas como um aperitivo. O livro tem uma riqueza de detalhes impressionantes e altamente convincentes.

Se há antissemitismo, como proclamam alguns, tal crítica a meu ver encontra-se na natureza anticapitalista dos críticos em questão. Afinal, Marx, um judeu, formulou a sua crítica ao capitalismo de forma mais radical a esse sistema. Portanto, isso não invalida a hipótese levantada por Werner Sombart de que os judeus tiveram um papel essencial no desenvolvimento do capitalismo mundial.

No livro “Os judeus e a Vida econômica” podemos descobrir no povo judeu uma destacada intelectualidade como qualidade predominante da sua essência, e podemos ver que essa é a peculiaridade do próprio sistema econômico capitalista que o diferencia dos outros sistemas: nele, a atividade diretiva e organizacional foi dissociada de uma vez por todas do trabalho executivo, ou seja, o trabalho cerebral foi desvinculado do trabalho manual e, ao mesmo tempo, reconhecido o primado do trabalho diretivo intelectual.
http://www.bonslivrosparaler.com.br/livros/resenhas/os-judeus-e-a-vida-economica/4412
 
O que existe entre judeus é uma reverência pelo conhecimento, que vem de gerações. É o chamado povo do livro. 

O ritual iniciatório do judeu não é matar um guerreiro ou passar por privações. Mas é ler um livro (a Torá). Ou seja, se quiser virar adulto terá de saber ler em pelo menos uma língua. O analfabetismo sempre foi muito baixo entre os judeus, o que assegurou uma rede de escolas. 

A educação não é vista como uma responsabilidade apenas da escola. Mas, em primeiro lugar, da família e, depois, da comunidade. Educa-se em casa, na sinagoga e também na escola. Aprende-se, portanto, todo o tempo e em todos os lugares. 

Os judeus são inteligentes porque foram criados numa tradição que valoriza a educação acima de tudo, que considera o estudo a maior obrigação da humanidade, e que identifica o intelecto como a parte de nós “criada à imagem de D’us.” Ser analfabeto era impensável no mundo judaico, não apenas porque era um sinal de estupidez, mas, principalmente, porque era um pecado.

Os judeus são obrigados por lei a ler a Torá inteira todo ano, dividindo-a em seções semanais. O costume largamente seguido era quando uma criança completava três anos de idade, devia escrever com mel as letras do alfabeto hebraico, e fazer a criança aprendê-las enquanto as lambia, comparando seu significado com o sabor da doçura.

Os judeus estudavam o midrash, e lhes é ensinado: “A Espada e o Livro vieram juntos do Céu, e o Eterno disse: ‘Guarde o que está escrito neste livro ou seja destruído pelo outro.’”

Por fim, mas não menos importante, a razão da prosperidade da comunidade judaica se assenta na fé de que as promessas de Deus continuam válidas.

Se vocês obedecerem fielmente ao Senhor, ao seu Deus, e seguirem cuidadosamente todos os seus mandamentos que hoje lhes dou, o Senhor, o seu Deus, os colocará muito acima de todas as nações da terra.
Todas estas bênçãos virão sobre vocês e os acompanharão, se vocês obedecerem ao Senhor, ao seu Deus:
Vocês serão abençoados na cidade e serão abençoados no campo. Deuteronomio 28:1-3


Nesse aspecto, os cristãos também possuem acesso às mesmas promessas:
“Porque não é Judeu quem o é apenas exteriormente, nem é circuncisão a que é somente na carne. Porém Judeu é aquele que o é interiormente, e circuncisão, a que é do coração, no espírito, não segundo a letra, e cujo louvor não procede dos homens, mas de Deus (Romanos 2:28-29). 

Anseio por uma sociedade baseada nos valores judaico-cristãos que entenda a importância de seguir os passos de Israel na cultura e na sua influência na sociedade. Se, com uma população tão pouco numerosa, os judeus influenciam tanto a comunidade mundial, porque nós, cristãos, sendo 86% da população brasileira, ainda não conseguimos influenciar, da mesma forma, nosso próprio país?

Não se trata de seguir seus passos quanto à cosmovisão religiosa, pois fica bem claro que há diferenças irreconciliáveis, nem tampouco desprezar uma cultura em função de outra, mas somente de olhar para Israel como um exemplo a ser seguido em várias áreas.

De acordo com a lei judaica, o menino se torna homem aos 13 anos de idade. Não deveria esse pensamento estar presente também na sociedade cristã? Ainda mais com a quantidade e acesso à informação que os adolescentes possuem hoje.

Sei que esse quadro tem mudado e atualmente a igreja já tem percebido a importância de seguir os passos dos judeus, nesse sentido, a própria eleição presidencial confirma isso.

Mas independente da sua religião ou fé, procure ocupar todos os espaços sociais para que possamos influenciar positivamente a sociedade em todos os aspectos e se houver dúvida sobre como adotar essa postura, OLHE PARA ISRAEL!

16
Compartilhar
  • Zé do ranho 29/12/2018 at 07:10

    First. Bom dia!

    0
  • Bhbolha 29/12/2018 at 07:50

    Bom dia, queria agradecer ao From pelas dicas de abrir conta nos EUA e pelo aluguel de carro em Miami. Infelizmente estamos no Brasil novamente. Hahahaha

    1
    • From_The_Tower 29/12/2018 at 11:00

      Valeu Bhbolha!
      Se precisar de dicas mais específicas para as remessas pode me escrever no e-mail.
      Vamos esperar um pouco esse câmbio aí que está com uma suporte nos 3,83.
      😉
      Abraço !

      0
  • NecoCarcara 29/12/2018 at 09:15

    Bom dia

    Ótimo tópico.

    A verdade é que a maioria dos cristãos ainda tem muitas coisas a apreender com os Judeus. Especialmente no que se refere a sua relação com Deus. Por exemplo, o cristão não estuda a Bíblia com o mesmo afinco que eles estudam a Torá.
    Eu considero a aproximação do Brasil a Israel, o evento mais importante do inicio do governo Bolsonaro. Pois se cuidar do lado espiritual, o resto vai ser mais fácil.

    4
    • Freedom 29/12/2018 at 11:55

      Bom dia!
      Obrigado, Neco!
      Concordo, devemos ter uma maior reverência e maior empenho para entender a Palavra.

      Bingo! Só a aproximação com Israel já valeu a eleição.
      Não é de se assustar que NUNCA um premiê Israelense esteve aqui anteriormente?

      1
      • NecoCarcara 29/12/2018 at 12:08

        Historicamente, praticamente todo o governo do tempo da republica foi de viés de esquerda. Por isso essa visita nunca aconteceu.

        0
        • Freedom 29/12/2018 at 12:13

          Bingo!
          Sabemos os motivos e as razões mesmo assim não deixa de ser assustador quando prestamos atenção.

          0
  • windville 29/12/2018 at 10:08

    Bom dia folks,

    Melhor anúncio desse começo de governo. Faltam pouco mais de 48 horas. Olhem o comentário do primeiro ministro de Israel Netanyahu a partir de 2m45s. Deus Vult!

    0
    • AL 29/12/2018 at 11:41

      👏👏👏👏👏

      0
  • AL 29/12/2018 at 10:39

    Bom dia, amigas e amigos!

    1
    • NecoCarcara 29/12/2018 at 10:41

      Bom dia, mail de amanha enviado.

      0
      • AL 29/12/2018 at 11:23

        Mto obrigado, Neco!

        0
    • Freedom 29/12/2018 at 11:55

      Bom dia, irmão.
      Mais uma vez, obrigado pela oportunidade.

      0
      • AL 29/12/2018 at 15:28

        Eu é que te agradeço!

        0
  • From_The_Tower 29/12/2018 at 11:01

    Bom dia pessoal !
    Fiquei ontem 06 horas na BR rumo a SC . Agora é recarregar as baterias e fazer um 2019 melhor ainda.
    MBGA !
    MAGA !

    3
  • NecoCarcara 29/12/2018 at 11:31
    • AL 29/12/2018 at 11:42

      Kkkkkkkkkkk

      Cara, o Brasil é demais!

      0
  • NecoCarcara 29/12/2018 at 11:35

    3
    • AL 29/12/2018 at 11:43

      Ahu, ahu, ahu!!!!

      E tem aue liberar os calibre acima de .40

      1
    • galt 29/12/2018 at 12:05

      o.o presente de natal atrasado, presidente?
      Desse jeito, o mito ganhará o coração de vários héteros.

      1
  • AL 29/12/2018 at 11:46

    Video super interessante.

    10 lazanhas de 500 reais até o infinito!

    Muito bom kkkk

    0
    • bolha buritis 29/12/2018 at 12:19

      Troco de pinga, kkkkkkkkkkkkkkkkk

      Bom dia, AL.

      0
      • AL 29/12/2018 at 15:29

        Kkkkkk

        Boa tarde, BB!

        0
  • bolha buritis 29/12/2018 at 12:20

    Excelente, Freedom.

    O assunto Israel me atrai. Gosto muito do tema.

    Tem muita informação no youtube nos canais Questione-se e Realidade Israelense.

    0
    • Freedom 29/12/2018 at 12:33

      Bom dia, bb.
      É um assunto que nos ajuda muito, entender nossas raízes.
      Honrar os antepassados é mandamento também.

      0
  • NecoCarcara 29/12/2018 at 12:32

    O criminalista Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, advogado e amigo de Michel Temer, renunciou à defesa do presidente.

    “Impedimento legal e ético é o motivo da saída de Mariz”,
    publica o Estadão.

    0
  • bolha buritis 29/12/2018 at 12:49

    Yellow Vest protests held in Paris for 7th week in row

    AO VIVO, provocando a polícia

    0
    • NecoCarcara 29/12/2018 at 13:09

      Pois é, me parece que ninguém (dos meus conhecidos), foi passar o ano novo em Paris este ano.

      0
  • Mari 29/12/2018 at 13:17

    Boa tarde.

    O FUTURO GOVERNO BOLSONARO: entrevista cedida a Silas Daniel na RedeTV.

    0
  • Mari 29/12/2018 at 14:20

    Texto do General Paulo Chagas no face.

    Zé Dirceu, vulgo Pedro Caroço, o homem de muitas caras e nenhum caráter, engana até a si próprio!

    Caros amigos

    Mesmo condenado em 2ª instância a 41 anos de cadeia, Zé Dirceu está em liberdade por obra e graça do advogado Dias Toffoli da “banca” do STF.

    A desenvoltura e a cara-de-pau com que mantém sua militância política, cumpre agenda, circula pelo País, dá entrevistas e até palpites sobre o que ele acha que vai dar certo ou errado no governo Bolsonaro nos permite concluir que o “acordo” firmado com a banca lhe dá a certeza da impunidade. A tranquilidade é tanta que até o 1º volume da sua autobiografia (“A vida de um ladrão”?) foi lançado nas suas férias do cativeiro (ou seria indulto?).

    Ele se sente à vontade para negar crédito a quaisquer delações, particularmente à de Antônio Palocci, e à acusação de enriquecimento ilícito da cúpula do PT, mas não se constrange para dizer que Lula da Silva só terá validade para o partido enquanto, com seu legado de canalhices, continuar a dominar 40 milhões de idiotas úteis.

    A certeza de que detinham o completo domínio sobre os demais Poderes da República fez com que ele e o PT se considerassem acima de todas as leis, assim, chama de “ingenuidade” terem permitido, no governo de Dilma Rousseff, a aprovação das leis que premiam delatores e que caracterizam organizações criminosas e ações terroristas, hoje, usadas contra eles.

    Realmente, foi muita ingenuidade acreditar que todos os demais brasileiros se enquadravam na categoria de idiotas, tanto quanto é a confiança que ele tem demonstrado nas garantias do “indulto do Toffoli”.

    Mais um ledo engano, Sr “Pedro Caroço”! O seu lugar, o de Lula da Silva e o de toda a cafajestagem do PT é a cadeia! Mais cedo do que o Sr e a sua banca de supremos advogados espera, mas muito mais tarde do que a moral e a ética da verdadeira Justiça exigem, TODOS estarão enjaulados e postos em definitivo na lata de lixo da história!

    Para a sua própria segurança, é bom que assim seja, porque o número de idiotas úteis é menor a cada dia que passa e a cada delator que se apresenta e eu lhe asseguro que ninguém gosta de ser tratado como imbecil por muito tempo!

    General Paulo Chagas

    7
    • AL 29/12/2018 at 15:32

      Que trauletada no meio da moleira!

      1
  • bolha buritis 29/12/2018 at 14:48

    Mercedes-Benz Classe C 2019 C 200 EQ Boost com Giu Brandão

    0
  • bolha buritis 29/12/2018 at 15:04

    Muttley, dá uma olhada, Ricardo Minarro

    AVISO – Teste de Bússola com 5º(Graus) sentido anti horário

    0
  • AL 29/12/2018 at 15:27

    O gaucho pode ter votado, mas o Rio Grande não merecia isso.

    0
    • NecoCarcara 29/12/2018 at 15:40

      Rio grande é um caso difícil de entender, ainda bem que sai de lá a muitos anos.

      0
      • bolha buritis 29/12/2018 at 15:41

        SECRETARIA DE OBRAS E HABITAÇÃO.

        Ta ççertu !

        0
        • Rodrigo 29/12/2018 at 20:41

          Quando falei que elegemos um esquerdista…
          Stédile é o pior do pior.
          Pior que tarso genro

          0
  • NecoCarcara 29/12/2018 at 15:43

    Para quem não viu segue a “agenda Bolsonaro” para os 100 primeiros dias:

    https://static.poder360.com.br/2018/12/Agenda-de-Governo.pdf

    Porem não mostra todas as ações praticas, é só uma linha geral.

    0
  • NecoCarcara 29/12/2018 at 15:52

    Atenção:

    Órgãos de inteligência e segurança temem ataques em massa do PCC no dia 1o

    Os organismos federais e estaduais de inteligência e segurança estão de posse de informações dando conta de que o PCC está preparando mega rebeliões nas cadeias e já deram um salve para atacar todas as forças de segurança a partir do dia 1o de janeiro, quando o Bolsonaro e os novos governadores tomarem posse.

    Estão prevendo ataques nos moldes dos de 2006 e até piores.

    As mensagens sobre este caso começaram a povoar a internet.

    https://polibiobraga.blogspot.com/2018/12/orgaos-de-inteligencia-e-seguranca.html

    Mais alguém tem essa informação e pode confirmar??????

    0
    • bolha buritis 29/12/2018 at 15:57

      Eu acho que estão muito quetos. Não estou gostando.

      0
      • NecoCarcara 29/12/2018 at 16:00

        Pois é, em novembro apareceu alguém aqui postando coisas de um certo sindicato e que planejavam uma grande greve para o inicio de dezembro, o que não aconteceu. Realmente esta tudo muito calmo.

        0
        • bolha buritis 29/12/2018 at 16:10

          Grupo terrorista ameaça Damares
          SALVAR
          Brasil 29.12.18 13:13
            
          O grupo que reivindica ter colocado uma bomba numa igreja em Brazlândia, no Distrito Federal, e ameaça fazer um atentado durante a posse de Jair Bolsonaro, disse neste sábado que entre seus alvos está a futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, e o presidente da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil, o cardeal Dom Sérgio da Rocha, publica o Metrópoles.

          “Talvez acabem eles, como o padre Ruben Díaz Acántara, antigo representante máximo da igreja Nuestra Señora del Carmen, em Cuautitlán Izcalli, Estado do México”, ameaçam.

          Ruben foi morto a facadas em abril deste ano dentro de uma igreja no México.

          0
    • Zé do ranho 29/12/2018 at 16:00

      Não havia uma lista com os nomes dos integrantes do pêcêcê?
      Mete uma jujuba na testa de cada um.

      2
      • Mari 29/12/2018 at 16:24

        Like.

        0
    • Pé Vermelho 29/12/2018 at 16:09

      Napalm muito Napalm

      Ou

      muito amor,
      chuvas de amor!

      0
  • Mari 29/12/2018 at 16:14

    Neco, sobre o PêCêCê, leia essa notícia aqui, é de 07/12/2018.

    “Os serviços de monitoramento das forças nacionais de segurança, que atuam em conjunto em algumas investigações, identificaram…”, continue lendo em: https://www.oparana.com.br/noticia/pcc-articula-rebelioes-em-serie-a-partir-de-1o-de-janeiro

    0
    • Mari 29/12/2018 at 16:21

      hahahaha

      Em Catanduvas a ordem é greve de fome. ( não dá para fazer graça lá, pelo jeito)

      Mas que morram de fome ué.

      2
      • Mari 29/12/2018 at 16:26

        Será que o cachaço vai para a cadeia esse ano?

        Tá demorando hein.

        0
        • Necocarcara 29/12/2018 at 16:34

          Dizem que o mito quer por ele em uma prisão do exército.

          0
        • AL 29/12/2018 at 16:34

          Mito falou que quer isso no primeiro semestre

          0
          • Mari 29/12/2018 at 16:44

            Ótimo, assim fica mais seguro pra nós que ele continue preso.

            0
  • AL 29/12/2018 at 16:34

    Forças especiais da Korea que come.

    1
  • NecoCarcara 29/12/2018 at 17:00

    0
    • Mari 29/12/2018 at 21:53

      Daqui foram dois ônibus, fora os que vão de avião e de carro. 🙂

      0
  • Johnnyboy 29/12/2018 at 20:27

    Deixe sua risada abaixo

    Retrospectiva "Jair Bolsonaro não será Presidente".Deixem as suas risadas! 😂😂😂😂

    Publiée par Direita São Paulo sur Vendredi 28 décembre 2018

    0
  • Strike 29/12/2018 at 21:42

    0
    • Strike 29/12/2018 at 21:46

      0
      • Pé Vermelho 29/12/2018 at 22:31

        Eu quero a resposta pra esse TT que mandaram lá!

        1
        • Pé Vermelho 29/12/2018 at 22:32

          Isso aqui é quase um looping infinito de questões…

          0
  • Strike 29/12/2018 at 21:58

    1
    • Strike 29/12/2018 at 21:59

      Desespero batendo a essa hora nos comunas..

      2
      • Necocarcara 29/12/2018 at 22:28

        E o povo comemorando muito isso.

        0
      • Formiga atomica 29/12/2018 at 22:46

        Aumenta o desemprego no primeiro dia útil do governo Bolsonaro.

        0
        • Strike 29/12/2018 at 22:50

          Imagina esses caras no dia 3 caçando o nome nas cinco mil páginas…
          kkkk

          0
          • Strike 29/12/2018 at 22:50

            Ops, dia 2

            0
          • Formiga atomica 29/12/2018 at 22:51

            Pilantrel vai exonerar uma galere dia 31.

            0
  • Strike 29/12/2018 at 22:56

    Cara, vi no tt que o proximo governador do rs nomeou um cara do mst, irmao do stedile. E ainda tem gente dizendo que não tem nada a ver. PQP!!!!!

    1
    • Formiga atomica 29/12/2018 at 22:58

      Vilma não arrumou um cargo lá?

      0
    • civilizado 29/12/2018 at 23:09

      pois é esse leite tem um esquerdista….Qmerda!!

      0
      • civilizado 29/12/2018 at 23:10

        tem um pé e uma caída pela a esquerda!!! PQP!!!

        0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 01:39

    Só para não deixar o CDM passar em branco.

    1
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 01:47

    Canção do mar

    0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 01:59

    0
  • Clapton 30/12/2018 at 02:11

    Pelo menos os Canarinhos continuam.

    Prus amigus minerim:

    0
    • Formiga atomica 30/12/2018 at 02:18

      Duas pingas, dois torresmos e três fichas de sinuca.

      0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 02:13

    Nós meus momentos pessimistas, acho que aqui só a destruição por armas atômicas, salgando a terra por cinco mil anos, talvez pode ser que dê certo recomeçar.

    0
    • Clapton 30/12/2018 at 02:27

      É, tem hora que dá vontade de dar um reset. Mas melhor seguir no ritmo inexorável da natureza.

      0
      • Formiga atomica 30/12/2018 at 02:29

        Ei, Michael, ELA não liga para nós.

        0
  • Clapton 30/12/2018 at 02:27

    Gregorian – The Sound of Silence

    0
    • Mari 30/12/2018 at 03:11

      Like 🙂

      0
  • Mari 30/12/2018 at 02:35

    Bah, cheguei atrasada.

    Último CDM do ano?

    0
    • Formiga atomica 30/12/2018 at 02:36

      Vem sempre aqui?

      0
      • Clapton 30/12/2018 at 02:39

        Solta um torresmo pra moça aí.

        0
        • Formiga atomica 30/12/2018 at 02:45

          Acho que ela não gosta de torresmo.

          0
          • Clapton 30/12/2018 at 02:49

            Vegana? 😀

            1
            • Mari 30/12/2018 at 02:52

              Nem 😉

              0
            • Formiga atomica 30/12/2018 at 02:52

              Não sei. Se tivesse só uma ficha, apostaria em massa com lascas de bacalhau.

              0
              • Mari 30/12/2018 at 03:04

                Formiga, aqui só não sou muito fã de bovino, só de leve em churras, o resto vai tudo: massas, torresmo, bacalhau, mas meu prato predileto é camarão de qualquer jeito, farei no primeiro dia de 2019. 😉

                0
                • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:05

                  É um convite?

                  0
                  • Mari 30/12/2018 at 03:05

                    Opa, está convidado, vem pra cá!

                    0
                    • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:11

                      Obrigado.

                      0
                  • Mari 30/12/2018 at 03:08

                    huahuahua

                    Pitú é bom tb, pena que não acha fácil mais hehe

                    Assim me disseram, pessoal que mora no ES.

                    0
                  • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:10

                    Já fui na fazenda onde eles produzem essa pinga.

                    0
                    • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:13

                      Cancela. Inganado por um corvo do turismo.

                      0
                    • Mari 30/12/2018 at 03:14

                      Çei, foi lá provar né? o.O

                      Em Paraty eu ia nuns engenhos, aff

                      Saia de bicicleta de lá, pedalava que era uma maravilha kkkkk

                      Nem sentia.

                      0
                    • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:17

                      Localização: Maragogi.

                      0
                    • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:20

                      Hotel fazenda Marrecas

                      0
                    • Mari 30/12/2018 at 03:21

                      Phyno.

                      Nunca estive lá, dizem que é bem legal.

                      0
                    • Clapton 30/12/2018 at 03:25

                      Esse é mineiro mesmo, vai pro nordeste e não fica na praia, mas sim em hotel fazenda.

                      0
    • Clapton 30/12/2018 at 02:38

      Eba! 🙂

      0
  • Mari 30/12/2018 at 02:47

    Eba!

    Mandem mais umas, vou procurar umas aqui tb. 😉

    0
    • Mari 30/12/2018 at 02:52

      Joe Bonamassa Official – Just Got Paid – Tour de Force Live at the Royal Albert Hall

      0
      • Clapton 30/12/2018 at 02:55

        Chegou chutando a porta, moça!
        Bonamassa tocando ZZ Top é o melhor que nós temos.
        Obrigado 😉

        0
        • Mari 30/12/2018 at 02:58

          😀

          Tem de ser a altura do selo Clapton né…

          0
  • Mari 30/12/2018 at 02:59

    Joe Satriani – Always with Me, Always with You

    0
  • Mari 30/12/2018 at 03:11

    jeff beck : free jam (hollywood bowl 2017)

    0
    • Clapton 30/12/2018 at 03:14

      Espetáculo, selo Mari!

      0
      • Mari 30/12/2018 at 03:14

        Obrigada, mande uma selo Clapton hehe

        0
        • Clapton 30/12/2018 at 03:21

          Seu desejo sempre é uma ordem.

          Tedeschi Trucks Band – Isn’t It A Pity

          0
          • Mari 30/12/2018 at 03:25

            Chique ela cantando essa, obrigada.

            0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:24

    Era só para o CDM não passar em branco.

    0
    • Mari 30/12/2018 at 03:26

      E não passou, cheguei tarde pois tava parado e eu fiquei vendo outras coisas na net.

      Muito bom estar com vcs.

      0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:25

    Ninguém larga a mão do Senhor Blues.

    0
    • Clapton 30/12/2018 at 03:26

      Uiiiiiii

      0
    • Mari 30/12/2018 at 03:26

      kkkkk

      Eu não largo, nem a sua mão, somos os 3 mosqueteiros do cdm. o.O

      0
      • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:28

        Eu hein.

        0
      • Clapton 30/12/2018 at 03:30

        The Beatles – I Want To Hold Your Hand

        1
        • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:33

          Se você começar com esse tom, nós vamos ter problema.

          0
          • Mari 30/12/2018 at 03:34

            Quero uma camiseta dessa rs

            0
        • Mari 30/12/2018 at 03:33

          Boa!

          0
  • Mari 30/12/2018 at 03:28

    Steve Stevens, fantastic solo, Billy Idol concert Hamburg 10.07.2012

    0
    • Clapton 30/12/2018 at 03:35

      Incrível o que o cara faz com uma guitarra da Barbie!!!

      0
      • Mari 30/12/2018 at 03:38

        Show né kkkkk

        A cor tá a mais Barbie.

        0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:29

    Não vou voltar a ler lá encima

    0
    • Mari 30/12/2018 at 03:29

      Escute essa que postei acima, excelente.

      0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:30

    Telemig me orientando a dormir.

    Agora, 04:29.

    0
    • Clapton 30/12/2018 at 03:31

      O Pimentel mudou o fuso horário de minas?

      0
      • Mari 30/12/2018 at 03:32

        Ele tá dando um migué kkk

        0
        • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:35

          Não, meu espertofone está com uma hora a maixxx. Agora 4:34

          0
    • Mari 30/12/2018 at 03:32

      3:30, tá errado isso aí.

      0
  • Mari 30/12/2018 at 03:36

    Imaginem se aqui tivesse isso nas ruas.

    Shine On You Crazy Diamond performed by Miguel Montalban

    0
    • Mari 30/12/2018 at 03:36

      Tem né, mas não assim.

      0
    • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:40

      Imagine?

      0
    • Clapton 30/12/2018 at 03:43

      Aqui do lado tem. Eu vi esse moleque tocando em 2012.
      Damian Salazar – Highway Star

      0
      • Mari 30/12/2018 at 03:44

        Uau, no Hell?

        0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:36

    Eu achei que o portal tava mais parado que água de poço.

    0
    • Clapton 30/12/2018 at 03:45

      Eu tb passei aqui e estava tudo parado. De repente, vc postou uma música. CDM nunca decepciona.

      0
      • Clapton 30/12/2018 at 03:49

        Não, aqui do lado na Argentina.

        Olha que legal, ele tocou com os Scorpions!

        1
        • Clapton 30/12/2018 at 03:50

          Era resposta pra Mari ali em cima.

          0
          • Mari 30/12/2018 at 03:53

            Que legal, em 2018 isso.

            Excelente o garoto.

            0
  • Mari 30/12/2018 at 03:43

    Tem de ter ao menos duas deles 🙂

    Deep Purple – Lazy

    0
    • Clapton 30/12/2018 at 03:50

      Yeah!!!

      0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:45

    Eu já vi .

    Próxima música do Clapton vai ser Layla.

    0
    • Mari 30/12/2018 at 03:53

      hahaha

      Me gusta.

      0
    • Clapton 30/12/2018 at 03:54

      Negativo.

      Pra reestabelecer a heteronormatividade nesse CDM:
      Rory Gallagher – Hands Up

      0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 03:49

    Ninguém vai assumir esse aperto de mãos.

    1
    • Mari 30/12/2018 at 03:55

      huahua

      Esse Formiga é uma figura.

      Mira o video

      0
    • Clapton 30/12/2018 at 04:01

      hahaha de onde vc tirou isso?!

      0
      • Mari 30/12/2018 at 04:01

        É uma Formiga atomica kkkk

        0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 04:02

    ABBA

    0
  • Mari 30/12/2018 at 04:03

    Well, vai essa e mais uma.

    Clapton curte o cover dele rs

    Whitesnake – Soldier of Fortune

    0
    • Clapton 30/12/2018 at 04:09

      Essa música é linda, obrigado.

      0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 04:05

    0
    • Formiga atomica 30/12/2018 at 04:06

      Gosto não se discute.

      0
      • Mari 30/12/2018 at 04:09

        Show essa, Papiso!

        0
  • AL 30/12/2018 at 04:11

    Vixe, desculpa aí quebrar o ritmo, vou só largar isso aqui e voltar mais tarde rssa.

    Parabéns aí pelo CDM!

    1
    • Mari 30/12/2018 at 04:13

      Óia quem apareceu.

      Excelente essa, AL!

      0
    • Clapton 30/12/2018 at 04:13

      Grande AL! Bons tempos dos Raimundos.

      0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 04:12

    Meu nível de satisfação com este CDM

    0
    • Mari 30/12/2018 at 04:14

      Chique Papiso, linda essa música.

      0
    • Clapton 30/12/2018 at 04:15

      CDM é sua satisfação garantida ou seu dinheiro de volta!

      0
  • Mari 30/12/2018 at 04:12

    Lembrei que ia postar mais uma do Deep Purple, essa não pode faltar nunca, antes da saideira.

    Pra vcs!

    Deep Purple – Perfect Strangers

    1
    • Clapton 30/12/2018 at 04:17

      Essa não pode faltar! 😉

      0
      • Mari 30/12/2018 at 04:25

        Nunca, essa é uma queridinha rs

        0
    • Formiga atomica 30/12/2018 at 04:19

      Não é essa. Sabemos que e a outra.

      0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 04:22

    Tan tan tan, tan tan taram

    0
    • Clapton 30/12/2018 at 04:24

      0
      • Clapton 30/12/2018 at 04:25

        6 notas maestro Zezinho! Oeeeeeee

        0
      • Mari 30/12/2018 at 04:28

        Wow!

        Isso é bom demais.

        6 notas, maestro kkkk

        0
        • Formiga atomica 30/12/2018 at 04:29

          Sério que você conhece essa música?

          0
          • Mari 30/12/2018 at 04:34

            Bah! kkk

            Vcs estam devendo CDMs de Blues e de lamúrias tb.

            Fica pra 2019, ou se animar amanhã 😉

            0
            • Formiga atomica 30/12/2018 at 04:36

              Você vai lembrar de mim.

              0
            • Mari 30/12/2018 at 04:36

              *estão

              0
  • Mari 30/12/2018 at 04:24

    Vai essa saideira aqui pra vcs, obrigada pela companhia nos CDMs de 2018, só acho que foram poucos, já fomos melhores nisso.

    Então fica o convite, que tenhamos mais madrugadas musicais em 2019.

    Obrigada pelo CDM de hj, Papiso e Clapton!

    Boa noite, AL!

    E vai só mais essa, (vejam) pq senão já dá vontade de postar SRV e vários blues que não postamos hj.

    Boa noite! 🙂

    Kashmir Led Zeppelin – Epic Symphonic Rock.

    0
    • Clapton 30/12/2018 at 04:43

      Que som, obrigado!
      Fechamos o ano com chave de ouro nesse CDM.
      Obrigado a vcs pela ótima cia de sempre.

      Feliz ano novo para vcs, fiquem com Deus.

      Vienna Philharmonic Orchestra – New Year´s Concert

      0
      • Mari 30/12/2018 at 04:46

        Apenas a filarmônica de Viena…

        É selo Clapton mesmo, obrigada e feliz ano bom pra vc tb. 🙂

        0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 04:52

    Dedicado aos que vazaram do CDM

    0
    • Mari 30/12/2018 at 04:58

      Eu estava esperando o Sr. se despedir do CDM.

      Boa noite, Papiso!

      0
      • Formiga atomica 30/12/2018 at 05:04

        CDM forever.

        0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 05:06

    1
    • Formiga atomica 30/12/2018 at 05:08

      Debian desativar

      0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 05:12

    Os comentários

    1
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 05:19

    Enveja

    0
  • Formiga atomica 30/12/2018 at 05:21

    Bom dia.

    0
  • Escreva seu Comentário (Ir para o início)