“Some-se aos recursos de FARC, MIR, etc, os recursos da Comunidade Européia, da ONU, e de outros organismos internacionais que estão maciçamente alinhados com essas propostas […] Mais ainda, vocês podem acrescentar também as contribuições das grandes fundações americanas como: Fundação Ford, Fundação Rockfeller, Fundação McArthur, etc.
Quando me perguntam, “mas por que esses cidadãos, que são capitalistas, contribuem tanto para o socialismo?”, a resposta é a seguinte:

Eles não são capitalistas coisíssima nenhuma. Eles são sociologicamente uma coisa que eu chamo de metacapitalistas. Um conceito que eu desenvolvi baseado no estudo, especialmente, dessas famílias – vamos dizer, dessas grandes fortunas – dinásticas. O metacapitalista é o sujeito que ganhou tanto dinheiro com a economia de mercado, mas tanto dinheiro, mas tanto dinheiro… que ele não quer mais estar submetido as oscilações do mercado. Ele começa a pensar nos seus netos e bisnetos. Como é que ele vai garantir o bisneto contra a roda da fortuna que é o mercado? Só tem um jeito: dominando o mercado através do Estado. Isso quer dizer que, a partir de um certo nível de crescimento, essas grandes fortunas deixam de ser forças propriamente econômicas e se tornam forças políticas de natureza dinástica. Então, com um interesse evidente no monopolismo estatal no qual são intimamente associados. Esse é um fenômeno bem característico do século XX, e é somente isto que explica a proximidade entre essas grandes fortunas e movimentos socialistas, comunistas, fascista, etc, etc”.

– Trecho do discurso de Olavo do Carvalho, no Fórum da Liberdade, 2005

Tradução: Tradutores de Direita

0
Compartilhar
  • Challenger SRT 01/10/2016 at 09:03

    First moderado.

    0
    • Challenger SRT 01/10/2016 at 09:09

      Valeu Hugo!!

      0
    • Marcus A 01/10/2016 at 10:41

      Second

      0
  • Numiers-Doc 01/10/2016 at 09:05

    First e First médico! ????

    0
  • Pé Vermelho 01/10/2016 at 09:05

    Buenos dias!
    Força Carol!
    E que boteco!

    0
    • Ugo 01/10/2016 at 09:07

      Estou lendo o boteco agora, coisa épica, ein.
      Muita força e saúde para você, Carol! Continue postando aqui!

      0
      • Pé Vermelho 01/10/2016 at 09:12

        Era 4hs cheguei e dei uma espiada. Ria sozinho de madrugada kkk

        0
      • Diego F. 01/10/2016 at 09:18

        Li agora também. Bem legal o boteco, apesar do clima pesado em alguns momentos.

        Força, Carol! Você vai superar essa barra. Seu maior desafio é manter a cabeça sã, o resto deixe com a medicina! Foque em temas positivos e converse com a gente sempre que precisar. Um abraço.

        0
  • Pé Vermelho 01/10/2016 at 09:14

    Esse país não vai…
    Teve candidato a prefeito que teve decisão contra ontem.
    Depois da campanha toda falaram ontem q ele não podia ser .

    0
  • Investidor 01/10/2016 at 09:15

    Panorama

    No mundo político, os avanços para o ajuste fiscal ainda são por demais insuficientes, dadas as difíceis negociações ainda pendentes no Congresso. São três as medidas estruturais (ou temas) em negociação, sendo a PEC das despesas a mais avançada, já em comissão, e as outras duas, Previdência e Tributária, ainda se arrastando em debates. Muito se comenta, inclusive, que ambas devem ficar para o ano que vem, a primeira no primeiro semestre, a segunda mais para o final do ano. São temas complexos e cheios de nuances para serem votados a “toque de caixa”. Não o serão até porque os diagnósticos, entre sindicatos, empresários e meio acadêmico, ainda são muito divergentes. No Congresso serão mais de 11 sessões em Comissão e mais duas votações na Câmara e no Senado. Ou seja, será uma longa caminhada ainda a ser trilhada, mas não tem jeito, teremos que chegar a um desfecho.

    No caso da Previdência, entre outros motivos, porque ocorrem mudanças na base demográfica do país, com o “achatamento” da pirâmide etária e o envelhecimento da população. Não dá mais para uma pessoa, em plena idade laboral, se aposentar, na média, com 54 a 58 anos. Daí a necessidade urgente de definir uma idade mínima de 65 anos. Neste ano o déficit da Previdência já deve passar de R$ 140 bilhões e no ano que vem superar R$ 180 bilhões, não sendo difícil, portanto, passar de R$ 200 bilhões até 2020. Chegaremos então a uma situação na qual o Estado não terá recursos para pagar os aposentados, sendo obrigado, ou buscar recursos, cada vez mais, do Tesouro, ou elevar a alíquota de contribuição. Na composição das despesas públicas, a dos benefícios equivale a 40% do total. Em agosto o rombo da Previdência passou de R$ 11 bilhões.

    Na Trabalhista tudo se desloca para a necessidade de uma “negociação coletiva”, visando a preservação do emprego, já que a perda de vagas neste ano já passa de 11 milhões. Ou seja, é um tema inadiável dada a urgência da crise no mercado de trabalho. Fala-se também na maior flexibilização nas horas trabalhadas (podendo ser elevadas até o limite de 12 horas em algumas situações), na “oficialização” da terceirização, no debate em torno dos encargos trabalhistas, etc.

    Sobre a PEC das Despesas, objetivo aqui é tentar gerar alguma previsibilidade no regime fiscal de longo prazo, com as despesas agora atreladas à inflação passada. O problema, no entanto, é tratar de casos excepcionais na Saúde e na Educação e de basear os gastos em inflação passada. Neste último, teríamos alguma rigidez ou indexação se o cenário for de inflação descendente, como o que vivemos atualmente.  

    Falando da economia, o momento ainda é de transição, mas é notório que o ânimo dos agentes, as expectativas, já estão melhorando desde o desfecho do impeachment. Observamos alguma previsibilidade na economia, os agentes enxergam “um norte”, pelo menos até 2018, embora seja preocupante o desenrolar da Operação Lava-Jato. Lentamente, os indicadores de Confiança, apurados pela FGV, retornam a um patamar mais elevado.

    Na atividade econômica, a Indústria acumula alguns meses de taxas positivas, chamando atenção algum alento em bens de capital e em duráveis. Em julho, a produção geral avançou 0,1% contra junho, mesmo recuando forte contra o mesmo mês do ano passado (-6,6%). Já a indústria de bens de capital recuou 2,7% contra o mês anterior e 11,9% contra o mês anterior, mas mostrou alguma sinalização de melhor ao se olhar o longo prazo. Nesta tênue recuperação, muito se argumenta que este veio em função da modernização das plantas, com os empresários comprando novas e mais modernas máquinas para reduzir custos e se tornarem mais eficientes. Em paralelo a isso, a indústria de bens duráveis também esboçou alguma reação, avançando 3,3%, na terceira alta consecutiva. Podemos pensar também que a indústria de construção deve começar a sair do “fundo do poço”, ainda mais depois do anúncio do “pacote de concessões”, envolvendo 34 projetos, o que deve dar algum alento aos investimentos. Por outro lado, o varejo segue muito frágil, com as vendas tendo recuado 0,3% em julho contra junho no “conceito restrito” e 0,5% no ampliado. Decorrente deste comportamento ainda errático no varejo e insuficiente na indústria, o IBC-Br, que reúne estes três setores, recuou 0,09% em julho e 5,5% no ano (ver gráfico ao fim).

    Desta forma, não será surpresa se alguma retomada do PIB como um todo só começar a acontecer mais para o final do ano, no último trimestre, se consolidando ao longo de 2017. Estimamos uma retração ainda elevada neste ano, de 3,3%, virando em 2017 para um crescimento em torno de 1,2%. Isso só deve se materializar se o governo mostrar competência e capacidade de articulação no Congresso para fazer passar as mudanças estruturais citadas acima.

    Isto também deve influenciar no gerenciamento do BACEN, ao que parece, mais otimista com a trajetória da inflação. Em setembro, a prévia do índice oficial foi a 0,23%, com forte recuo dos itens Alimentação, Despesas Pessoais, Transportes, dentre outros. Nossas expectativas são de que o IPCA cheio venha ainda mais baixo neste mês, jogando a inflação em 12 meses para 8,5% (no IPCA-15 registrou 8,78%), forte indício para convergir a 7,3% ao final deste ano. Isso deve abrir espaço para a redução dataxa Selic, em outubro (dias 18 e 19) ou em dezembro (dias 28 e 29), mas o presidente Ilan Goldfajn já deixou claro que espera também que o ajuste fiscal avance. Neste contexto, continuamos acreditando na taxa Selic recuando a 13,75% neste ano, indo a 12,0% no ano que vem, embora esta estimativa ainda seja prematura.

    Sobre o regime cambial, houve alguma volatilidade nas últimas semanas, diante das especulações sobre a taxa de juros norte-americana, o Fed Funds, ainda mantido em 0,5%. Para o Fed, a decisão se sustenta na observância de três variáveis: inflação, mercado de trabalho e atividade. A primeira segue próxima a 1,1% anuais, com energia ainda tendo impacto, distante, portanto, da meta de 2%; o ritmo do mercado de trabalho segue melhorando, estando já próximo do “pleno emprego” e a atividade econômica segue moderada. Diante disso, parece provável que a taxa de juros venha a ser elevada agora em novembro (dias 1 e 2). Decorrente disso, o mercado deu uma desafogada na semana passada, com o dólar retornando a R$ 3,20 e abaixo disso. Esta Consultoria, no entanto, continua acreditando na cotação da taxa de câmbio mais próxima de R$ 3,30 ao final deste ano e R$ 3,50 no ano que vem. A corroborar nesta última a necessidade de estimular as exportações, sendo o ajuste cambial, mais imediato para torná-las mais competitivas.

    Lopes Filho

    0
    • Investidor 01/10/2016 at 09:15

      First com análise econômica ?

      0
  • Challenger SRT 01/10/2016 at 09:15

    Carol,
    Minha sobrinha operou tumor maligno na tireóide fazem dois meses.
    Fez exame posterior e agora está tudo bem.
    Siga a orientação dos doutores daqui, você vai superar essa. Força!!!

    0
  • windville 01/10/2016 at 09:37

    Bom dia Folks,

    Excelente tópico. Aproveitando consulta sobre o Plebisul rolando aqui no sul.

    0
    • Diego F. 01/10/2016 at 10:02

      Vai votar? Eu vou depois do almoço.

      0
      • windville 01/10/2016 at 10:07

        Fala Diego, vou sim cara. Tem vários pontos aqui na city, tem até as 17 horas para fazer o voto.

        0
  • Zé do Faz 01/10/2016 at 10:01

    Bom dia 300²!

    Ótimo boteco!

    Carol, tenho um amigo que passou pelo mesmo. Ele se recuperou completamente. Hoje os tratamentos estão muito avançados.

    Vá com fé que a fé não costuma falhar!

    0
  • Zé do Faz 01/10/2016 at 10:05

    FRASE DO DIA – BY ZÉ DO FAZ:

    “Os políticos e as fraldas devem ser mudados constantemente e pela mesma razão.”
    Eça de Queiroz

    0
    • Marcus A 01/10/2016 at 10:57

      Boa!

      0
  • Cash-for-crash 01/10/2016 at 10:07

    Bom dia negada. Boteco bom demais.
    Bobolhuda, aguardo seu email.

    0
  • Zé do Faz 01/10/2016 at 10:18

    Óbvio que cabe uma análise mais profunda, mas me parece na primeira impressão que esta nova regra de doações e gastos em campanha tem efeitos positivos.

    Com restrição a doações, candidatos à PBH gastaram R$ 8 milhões em suas campanhas.
    Soma dos gastos dos 11 candidatos representa menos de um terço do que Lacerda desembolsou sozinho na disputa pela reeleição, há quatro anos.

    http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2016/10/01/interna_politica,809627/candidatos-prefeitura-de-belo-horizonte-r-8-milhoe-gastos-campanha.shtml

    0
  • Numiers-Doc 01/10/2016 at 10:46

    OFF Opressão Espírita: Arthur Conan Doyle
    “História do Espiritismo” pode ser considerada o mais completo documento histórico, reunido em um único volume, sobre o nascimento e expansão do Espiritismo, até à época do seu lançamento.

    Nenhuma obra retrata a história do Espiritismo com tamanha riqueza de detalhes e sobretudo fidelidade aos fatos narrados. O autor foi Presidente de Honra da Federação Espírita Internacional, Presidente da Aliança Espírita de Londres e Presidente do Colégio Britânico de Ciências Psíquicas, nos séculos XIX e XX. Usou de toda a sua experiência pessoal e trabalho de pesquisa para redigir este precioso volume.
    http://lelivros.me/book/baixar-livro-historia-do-espiritismo-arthur-conan-doyle-em-pdf-epub-e-mobi-ou-ler-online/

    0
  • Marcus A 01/10/2016 at 11:02

    Porra vcs ficaram tarde ontem PQP!

    Formiga atomica 01/10/2016 at 06:12
    Fechando Budega e Bar
    Quem era fraco morreu

    0
  • Pedro 01/10/2016 at 11:07

    O metacapitalista é o sujeito que ganhou tanto dinheiro com a economia de mercado, mas tanto dinheiro, mas tanto dinheiro… que ele não quer mais estar submetido as oscilações do mercado.

    Bom dia.

    Muito ruim esta passagem do texto, pois pode passar a impressão de que uma economia de mercado é prejudicial e precisamos de um grande governo pra intervir.

    NMHO poderia ser assim:

    O metacapitalista é o sujeito que ganhou MUITO DINHEIRO E COMPROU TANTOS POLÍTICOS E INTELECTUAIS, MAS TANTOS POLÍTICOS E INTELECTUAIS… que ele não quer mais estar submetido À ECONOMIA DE MERCADO, QUER A MANIPULAÇÃO POLÍTICA DO MERCADO PARA SI.

    0

    • Cash-for-crash 01/10/2016 at 12:03

      Pensando aqui. Tudo em excesso faz mal. Poder, governo, comida, água…
      Esses riquíssimos que tem monopólio acabam por dominar demais a área em que atuam. Monsanto, facebook, etc…. Será que limitar, estabelecer um teto para atuação não melhoraria o conjunto todo?
      Estou pensando esquerdizado?
      Mas quem colocaria esse limite? Onu? Kkkkk. Foda. Deixa rolar…

      0
      • Pedro 01/10/2016 at 13:44

        Limitar o poder não tem nada de esquerdizado.
        Pelo contrário.
        O governo tem de ser controlado (no sentido de limitada o poder) e não as pessoas.

        0
  • Grammar Nazi 01/10/2016 at 11:11

    Tetinha.

    0
  • Shrek Oriental 01/10/2016 at 11:16

    CVR

    Acabei de receber um e-mail da Viva Real o título é “Temos mais de 4 milhões de ofertas esperando por você. Vem ver.”

    0
  • EngenheiroMG 01/10/2016 at 11:52

    Dia folks..
    Força Carol…

    0
  • ALBarraDaTijuca 01/10/2016 at 12:09

    Dia povo!!!

    Muito obrigado pelo tópico Ugo!

    Excelente!!!

    0
    • Manco 01/10/2016 at 12:13

      Bom dia!!! Bolha de mulheres lindas de direita!!! Arda Pondé!!!

      0
      • ALBarraDaTijuca 01/10/2016 at 12:20

        Bom dia patinho!

        QUÁ QUÁ!!!

        0
  • Manco 01/10/2016 at 12:12

    CVR jovens

    Hoje dei uma volta com uma mulecada aqui o mais velho tinha 19, fui para a região de Bordeaux, lindo, praias lindas, perfeito. O piorzinho deles conhece só 3 continentes e fala 2 línguas, chegando até 4 línguas faladas, apesar de esquerdinhas são gente boa, cozinham, economizam pra caramba, buscam os melhores preços, andam de skate para não pagar ônibus, se vestem só com roupas sem etiqueta, já trabalharam em serviços considerados subempregos no Brasil para garantir parte das viagens.

    Fico imaginando, a disparidade é enorme e não é só por causa do dinheiro.

    0
    • Cash-for-crash 01/10/2016 at 12:15

      Franceses?

      0
      • Manco 01/10/2016 at 12:19

        Sul africano que mora na Alemanha e dois australianos, mas tenho tido bastante contato com eles e o padrão é bem parecido, os que mais tem aqui são japoneses, coreanos, holandeses, alemães, australianos, austríacos, suecos. Não conheci nenhum bananense até agora, na verdade só um que tocava numa banda, rolou até um forró universitário.

        0
  • Sapato Furado 01/10/2016 at 12:14

    Bom dia Pessoal!
    Excelente vídeo, eu tinha visto início da semana.
    Até o Waack parece anti-Trump, vi que ontem trouxe o Pontual, que afirmou que uma série de jornais estão publicando editoriais – a primeira vez na história de cada um deles – declarando voto contra Trump.
    O globalismo fica cada vez mais claro, e creio que estamos em um ponto sem retorno, se a coisa não mudar agora, creio que o mundo enfretará conflitos bastante sérios pelos próximos 10 a 20 anos, e qualquer reversão ou melhora, será a duras penas.

    0
  • Sapato Furado 01/10/2016 at 12:17

    Detalhe quanto a descrição do post de hoje: quanto a Ford Foundation, ela há muitas décadas não é mais da Ford, se lerem sobre ela, no início era para projetos culturais, óperas, músicas, mas depois dos anos 70 se desvinculou e cada vez mais serviu para interesses escusos.

    0
  • Quero mais é que se f... 01/10/2016 at 12:24

    Bom Dia, negada jurólatra opressora!

    AL, abri meu gmail e não vi o seu e-mail. Você mandou, ontem, pro gmail ou pro email que uso pra logar aqui?

    0
  • Cash-for-crash 01/10/2016 at 12:28

    Negada, qual a melhor forma de baixar músicas pro pc?
    Baixo discografias completas.
    Usei muito o torrent.
    O que acham.

    0
    • Quero mais é que se f... 01/10/2016 at 12:52

      Usa o “atube Catcher”. Eu acho sensacional. Baixa tudo que tiver do youtube e faz a conversão em vários formatos de mídia.

      0
      • Rafael km 01/10/2016 at 16:29

        Estou usando este também para gravar do netflix os desenhos para meu filho. Aqui a internet começou a ter apagões desde que a Vivo comprou a gvt, aí preciso ter os desenhos offline para não arder.
        Uso a função de captura da tela, selecionando o frame que passa o vídeo. Para não ficar com o áudio atrapalhando enquanto gravo, coloco um fone de ouvido no pc. Funciona muito bem.

        0
  • dautonico 01/10/2016 at 12:45

    Boa dia galera..

    Boteco foderrimo….

    Carol, meu pai e minha mãe enfrentaram cancer…hoje estão totalmente recuperados e vivendo normalmente, faça o tratamento e siga as orientações medicas, graças ao avanço da medicina essa doença pode ser tratada… acima de tudo mantenha o animo sempre positivo, força….

    Fui fazer compras hoje e ardi com 32,07% de impostos segundo a notinha…. governo ta praticamente comendo um terço do almoço e janta aqui de casa, bicho faminto…

    Para a nerdaiada velha tipo eu: Netflix colocou Robotech hoje :DDDDD

    0
    • Manco 01/10/2016 at 12:53

      Força Carol Bobolhuda, você já está nas minhas orações diárias!!!

      0
  • dautonico 01/10/2016 at 12:49

    Eleições de Santo André…

    Segundo ‘envolvidos’:
    a) PT Grana não vai p/ segundo turno, aparentemente esta entre Aidan(PSB) e Paulinho Serra(PSDB)
    b) Distribuição de panfletos ‘alegadamente’ vinculados ao PT atacando o Paulinho Serra… porém ninguém sabe se é arte de partido opositor ou vitimismo…
    c) Candidatos putos pois a lava jato jogou merda p/ todo lado, então esperam que o numero de nulos e em branco suba bastante esse ano… veremos…

    0
  • Numiers-Doc 01/10/2016 at 12:51

    A fera, ATul Gawande

    0
    • windville 01/10/2016 at 13:03

      Top em! Muito bom o reportório ontem Doc, anotado alguns escritos para olhar inclusive esse do Doyle.

      0
  • RoCoSala 01/10/2016 at 13:20

    Boa tarde 300!

    Boteco cada vez mais inspirado.
    Força Carol!!!

    A semana que passou foi muito agitada e as próximas parece que serão ainda melhores!
    Alias, excelentes tópicos, obrigado a todos que ajudam esse espaço a ser o que ele é: FENOMENAL

    Amanhã é dia de jogar mais uma pá de cal no putê.

    Ardam vermelhos malditos!!!!!!!!!

    0
    • ALBarraDaTijuca 01/10/2016 at 13:22

      ARDAM!!!

      0
  • ALBarraDaTijuca 01/10/2016 at 13:21

    Bom dia Quero, mandei pro email que vc loga aqui irmão.

    0
  • ALBarraDaTijuca 01/10/2016 at 13:24

    Pô, o dautonico botou o robotech aí, não resisti, fui atrás rsss.

    Robotech new generation. Temporada completa com audio original.

    Mais de 8 horas de robotech!

    0
    • RoCoSala 01/10/2016 at 13:39

      Massa!

      Vou iniciar a maratona Luke Cage daqui a pouco!

      0
  • Francisco Quiumento 01/10/2016 at 13:42

    Boa tarde, jurolatrada opressora.

    Pai Xicão, agregada e casal de amigos ontem em certo restauranteco metidinho de São Paulo.

    Ouve-se me mesa próxima, figurinha do mundo “do teatro” empolgadíssima, provavelmente depois de um “teco” e umas taças de vinho:

    -Eles não sabem o nível de preparação do Haddad! Ele conhece a cidade inteira, endereço por endereço, e pode muito bem nessas próximas horas passar o Russomanno e a Marta e chegar muito bem para o 2o turno, se não virar e ganhar já no primeiro!

    Na nossa mesa, momento paralisia, olhos arregalado e minha agregada, por pouco, não espirra vinho para tudo que é lado antes de dizer:

    -Não movam-se, não digam nada, pode ser perigoso contrariar…

    Comentário: Fora drogas e ação de outras certas substâncias, essa gente realmente acredita nestas merdas?

    Dúvida que me atormenta mesmo, sério!

    Outro comentário: Toda a imprensa está focando-se no desastre para os cargos de prefeito, mas provavelmente, a maior catástrofe do PT e mais um tanto da dita esquerda bananense seja a votação para vereadores.

    Sinto cheiro de vassoura varrendo no ar.

    Bom fim de semana e muita opressão nas urnas, alfinetada capitalista!

    -“Agregada” é o …!
    -CALMA, MUIÉ! É SÓ PARA TORNAR O TEXTO INTERESSANTE!
    -Faz ficar “Interessante” com o teu…!

    0
    • bolha buritis 01/10/2016 at 13:46

      First a pedir Bençça Pai Xicão

      0
    • RoCoSala 01/10/2016 at 13:49

      Agora o PuTê vai!!!

      Benççça Pai!!!

      0
    • Pedro 01/10/2016 at 13:53

      PXPF, algum sinal de que vai?

      0
      • bolha buritis 01/10/2016 at 13:57

        Pergunta lá no posto Ipiranga, quer dizer, pro PDQ

        0
        • Pedro 01/10/2016 at 14:02

          Fala, BB!
          Sempre presente aqui BoB.

          0
          • bolha buritis 01/10/2016 at 14:08

            Sou o vigia

            0
  • RoCoSala 01/10/2016 at 13:50

    Simple Man

    Oh, take your time, don’t live too fast
    Troubles will come, and they will pass
    Go find a woman, and you’ll find love
    And don’t forget, son there is someone up above

    0
  • bolha buritis 01/10/2016 at 13:52

    Carol, você está aí ?
    Nas minhas orações estava seu nome e todos que estão passando por problemas aqui no “Brog”

    0
    • Zé do Faz 01/10/2016 at 15:09

      BB é um grande cara.

      0
      • bolha buritis 01/10/2016 at 15:47

        Valeu Zé

        0
        • Marcus A 01/10/2016 at 18:00

          É mesmo, um irmão, como o AL Barra e tantos outros aqui!

          0
  • Rodrigo 01/10/2016 at 14:08

    O Pt agiu de forma deliberada visando que o insta desse o maior número de benefícios possível
    Para isso agiram em várias frentes.
    Ex. Se alguém tivesse uma fratura de fêmur em 2008. Ficasse 4 meses de benefício, tivesse alta. Alegasse na justiça não ter melhorado completamente e o juiz desse mais 4 meses de benéfico.
    Aconteceria o seguinte:
    O benefício seria implantado sem data fim.
    Como todos os benefícios judiciais.
    Como o gov do Pt nunca autorizou ou operacinalizou qualquer revisão destes benefícios, hoje ele ainda estaria sendo pago.
    Como todos os benefícios judicias determinados na era Pt
    Pois nunca revisaram nada.
    Estas revisões que estão sendo feitas agora

    0
    • Rodrigo 01/10/2016 at 14:09

      INSS.
      Esse é um dos muitos exemplos de porque a previdência está quebrada

      0
      • José Colméia 01/10/2016 at 14:43

        Isso mesmo Rodrigo. A Vilma no seu discurso de posse afirmou que o país seria uma nação de classe média. O que quis dizer era a população depender totalmente de um governo que daria 500 reais, sei lá, pra cada um o resto da vida e o governo controlaria tudo. Ah, show de bola as tuas dicas ontem…

        0
  • Francisco Quiumento 01/10/2016 at 14:13

    Benças, mizifios, e respondendo a “se vai?”, um textículo do chato que aqui frequenta:

    Um pequeno conjunto de avisos e conselhos

    Nosso presidente, junto com coro crescente dos ministros, apresentando mais e mais que reformas são necessárias.

    Ouve-se gritaria e relutância de nosso legislativo.

    É óbvio que gastos tem de ser contidos, de onde uma nova maneira de se pensar sobre orçamento e sua provisão, que é a carga tributária, tem de ser no mínimo pensados.

    Convenhamos, e sejamos bem diretos com banal exemplo: o paciente no chão do corredor do posto de saúde é correspondente em valor a algo como o carro oficial que suas excelências sequer necessitam. Imensos gastos em diversos outros campos são só expansões óbvias deste exemplo simples.

    A questão trabalhista, com os ranços de uma era Vargas, tem igualmente de ser pensadas pelo simples fato que já não geram mais a pleno proteção do trabalhador, mas boa parte da nossa incapacidade de não permitir que muitos tenham empregos, por quedas brutais de produtividade e competitividade, em clara contramão da marcha do mundo, sem qualquer ganho para o próprio trabalhador em valores que ao final são revertidos apenas ao estado e sua estrutura já insustentável.

    A questão previdenciária apresenta perfil de colapso por si, e os motivos são em parte inexoráveis no tempo pela própria distribuição em idade da população, além dos avanços em sua expectativa de vida.

    A devastadora percepção que o mundo da aposentadoria estatal, e pior ainda do que seja uma “política”, seja radicalmente diferente do mundo maior de trabalhadores que tudo sustentam – o estado sempre é atividade meio, e não fim – só sustenta nossas profecias sobre o destino de uma insustentabilidade e consequentes atritos que aqui apresentamos.

    Uma reforma no ensino, note-se que seja qual for, relaciona-se com um problema que é gritante, e sequer tem vínculos com outros que já enfrentamos, como os acima. Simplesmente somos péssimos nesse aspecto, e negar tal fato simples é colocar-se em perigoso ponto de cegueira.

    Produtividade, geração de riqueza, competitividade, e simples entendimento dos próprios problemas que enfrentamos em todo seu larguíssimo espectro passam pela educação, e tal não pode ser negado.

    Mas há o dilema aqui de que o executivo obedece às leis, o que me parece óbvio, e nisso está exatamente o que conduziu ao recente impedimento de uma presidente, e os problemas para adiante são maiores, de onde o atual, ou mesmo os próximos presidentes tem de exigir estas mudanças ou, independente de questões e julgamentos que ao final são apenas políticas, como bem dito e repetido: Ou as leis mudam ou o país quebrará.

    O mesmo vale, em menor escala, para os outros níveis da estrutura de nossa nação, e já o percebem governadores e prefeitos.

    Uma pequena observação: Já em 2012 eu cunhei a frase que ‘o país já estava quebrado, só não tinha ainda sido devidamente notificado’.

    Agora o país não quebrará “adiante”, num ainda seguro futuro. Ele simplesmente ficará mais quebrado que já está, como se vê nesse trágico presente.

    Assim, retornando, ou mudam-se as leis, e os legisladores entendem definitivamente esta questão, esse processo que é histórico e no fundo contábil, – e como contábil simples, claro e “frio” – ou terão de entender e se submeter a implacáveis números por algo que podemos resumir pela palavra “força”.

    Reforçando: Ou conduzem-se crescentemente pela racionalidade ou serão a ela conduzidos por outras crescentes razões.

    Os alertas e os dados tem sido permanentemente apresentados.

    Se a classe política não as aceita, não podemos coisa alguma fazer além de continuar insistindo na repetição, com o acréscimo de expormos os crescentes problemas que surgirão.

    Se querem usar os agrados a uma população que na média é ignorante, um tanto infantil pois providente e messiânica, e iludida com promessa incumpríveis e um patológico esconder de deveres que são em suma de todos, de responsabilidades que podem ser entendidas pela mais humilde dona de casa ou pelo mais simplório trabalhador braçal – que não pode-se gastar o que não se tem – alertamos que tal vicio de jogo político pode acabar com o clássico “quando o amor vira ódio”, dos a quais já tem-se algumas claras e brutais amostras.

    Assim, repetindo e inspirando-me em velha frase, não só cegos guiando cegos acabam ambos no abismo, mas quando loucos querem coordenar os loucos para apagar algum incêndio, os loucos que acham-se líderes e sábios podem ser o primeiros a serem queimados na fogueira de sua insanidade.

    Mas tranquilizem-se, pois não será por falta de nossos prudentes avisos e sábios conselhos.

    0
    • bolha buritis 01/10/2016 at 14:19

      Amem

      0
    • Manco 01/10/2016 at 14:45

      Você anda extremamente pessimista esses dias, com mais análises e cálculos que o normal, isso me preocupa seriamente! Ainda resta algum fio de esperança ou luz no fim do túnel Pai Xicão?

      0
      • Francisco Quiumento 01/10/2016 at 14:58

        Bolha buritis entendeu exatamente o que é uma possível luz que apareça no fim do túnel.

        Não, mizifio, não tem escape, e nossa insana classe política vai enterrar toda a população bananense ainda mais fundo na boshta.

        0
        • bolha buritis 01/10/2016 at 15:08

          Amem

          0
          • Manco 01/10/2016 at 16:05

            Amem.

            0
      • Nonada 02/10/2016 at 12:05

        Caro Manco,

        não sou velho e tampouco novo, trabalhei na área privada e trabalho na área pública, acreditei um dia na ordem e no progresso, no racionalismo. No entanto, com o tempo, algo se apreende da realidade circundante.

        Uma grande massa, caso seja ignorante e ou embrutecida, dilui em seu meio o que há mais instruído e mais educado a tal ponto que se torna imperceptível em seu meio.

        No caso da BNN, a ausência de uma elite comprometida com projetos de longo prazo para o país, há uma tendência de um longo período em que os indivíduos mais instruídos e mais educados continuem diluídos nessa massa 666. Talvez, por alguma condução ilustrada, haja a formação de novas gerações menos 666 e então teremos uma mísera luz no túnel.

        Dessa forma, os 300 daqui são como sementes em seus respectivos núcleos familiares para a transmissão de seus valores que talvez um dia esses núcleos familiares deixem de ser sementes e auxiliem na formação de uma BNN menos 666.

        0
        • Nonada 02/10/2016 at 13:15

          a ausência = há a ausência

          0
          • Nonada 02/10/2016 at 13:17

            Desabafo… escreve com um guri de 6 anos chamando pai a cada 30 segundos é froids, mas é ótimo ao mesmo tempo.

            0
            • Nonada 02/10/2016 at 13:18

              #escrever

              0
    • Challenger SRT 01/10/2016 at 16:32

      Exatamente Quiumento.
      O único setor que está contratando mais do que demitindo é o Público, justamente onde isso não deveria ocorrer. Expansão de gastos que tem como contrapartida aumentos sucessivos de impostos e elevação da dívida pública.

      0
    • Pedro 01/10/2016 at 16:40

      Entendido: NÃO VAI.

      0
  • bolha buritis 01/10/2016 at 14:54

    Patinho Quá quá, não sou filósofo, mas tem uma luz no fim do túnel .

    essa luz vem se aproximando, aproximando, aproximando.
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    Corre , é um trem vindo em nossa direção ……………………………………..

    0
  • Formiga atomica 01/10/2016 at 14:57

    Boa tarde, pessoal.

    Carol, que você se restabeleça.

    0
  • Zé do Faz 01/10/2016 at 15:08

    Vizinho escutando um blues de altíssima qualidade. Só escuto pois a janela está aberta. Volume sem incomodar.

    Até me inspira.

    0
    • Pedro 01/10/2016 at 16:41

      Que vizinha de alto nivel, hein. Aqui de vez em quando uns PNC do prédio do lado fazem umas festas madrugada a dentro só com lixo sonoro.

      0
      • Zé do Faz 01/10/2016 at 16:55

        Kkkkkkkkk

        Não posso reclamar.

        Tá no hipoglos?

        0
  • ALBarraDaTijuca 01/10/2016 at 15:30

    “Usar a camisa do Superman é mole, difícil e usar a cueca por cima das calças.”

    0
  • Alta Mogiana 01/10/2016 at 15:50

    Eles fazem a cabeça dos jovens
    Professores universitários de formação e intelectuais com respeitável currículo, Clóvis de Barros Filho, Leandro Karnal e Mário Sérgio Cortella se tornaram os maiores pensadores contemporâneos do Brasil, com uma legião de seguidores nas redes sociais e milhões de livros vendidos

    http://istoe.com.br/mario-sergio-cortella-karnal-e-clovis-barros-filho-fazem-a-cabeca-dos-jovens/

    0
  • Al 01/10/2016 at 15:54

    Excelente escolha de vídeo, Ugo.
    Que boteco mais triste o de ontem. Força aí, Carol e a família e amigos da Mari e Rocosala.

    0
    • Formiga atomica 01/10/2016 at 16:18

      Ontem foi pesado.

      0
  • Pedro 01/10/2016 at 16:36

    Comentei que comprei o livro Collor Presidente lançado pelo Villa.

    Já tô na metade de umas 400 páginas.

    E posso dizer que este país é uma piada. E de mal gosto.

    Tão cedo NÃO VAI.

    0
    • Zé do Faz 01/10/2016 at 17:14

      O pior é que tem muito país de primeiro mundo que não vai também.

      0
  • windville 01/10/2016 at 16:50

    Tarde Folks,

    Após o voto da consulta do plebisul. Amanhã é dia de escolher o menos ruim, como eu queria ter um cara só de direita para votar para prefeito/vereador.

    Dito isso, a Internet se foi das mãos da matriz a partir de hoje, pergunto foi para ONU?

    http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/noticia/2016/10/governo-dos-eua-termina-seu-papel-de-supervisor-da-internet-7632778.html

    0
    • Mordecai 01/10/2016 at 17:13

      Fiz o meu papel, camaradas. Sou carioca, mas o sul é o meu País.
      Fui lá e votei bonito.

      0
  • ALBarraDaTijuca 01/10/2016 at 16:52

    Pai Xicão, dado o exposto acima fica um dúvida. Tamanha a demanda, importaremos ou a produção local de bhosta será suficiente?

    0
  • ALBarraDaTijuca 01/10/2016 at 17:27

    Rodrigo Jungmann
    1 h ·
    O brasileiro médio pode não entender isso…
    Mas brilho intelectual não é o mesmo que falar em sentenças gramaticalmente irretocáveis e sem hesitações à Karnal, Cortella e outros ensaboados emissores de platitudes aparentemente chiques.

    0
    • Zé do Faz 01/10/2016 at 17:37

      Quer dizer que não sou tão burro assim.
      Kkkkkkkkkkkk

      0
      • ALBarraDaTijuca 01/10/2016 at 18:03

        KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

        0
  • Papai Noel 01/10/2016 at 17:35

    pessoal, alguém ja assistiu?? é esquerdista??

    0
  • Flyn 01/10/2016 at 17:48

    Ouvindo hoje o Marcos Silvestre (corvo pago por construtoras) na BandNewsFM. Recebe pedido de socorro de ouvinte: Casal tem 5 (CINCO?!) consórcios de carros, e no momento está com dificuldade de pagar as parcelinhas.

    0
  • Marcus A 01/10/2016 at 17:51

    Como avisei ontem sem alarmismo no Boteco +18 de madrugada.

    CONTAS PÚBLICAS
    EM 13 ANOS, SALÁRIO DO SERVIÇO PÚBLICO SUBIU TRÊS VEZES MAIS QUE O PRIVADO
    SALÁRIOS DOS SERVIDORES CRESCERAM 33% ACIMA DA INFLAÇÃO

    ““A regra (do congelamento salarial) seria mais simples, não teria oposição popular e seria mais fácil verificar o cumprimento dela, além de ser menos injusta e menos perigosa”, avaliou Kölher, que foi cedido para atuar no gabinete do senador José Aníbal (PSDB-SP). (AE)”

    Mas acho que vai além disso, quando perceberem que só congelamento não irá funcionar, cortes virão!

    0
  • Zé do Faz 01/10/2016 at 17:56

    Hoje não teremos boteco.

    0
    • Marcus A 01/10/2016 at 17:59

      É uma pena. Temos que marcar o Boteco físico em alguma cidade, para nos conhecermos pessoalmente. Foi falado isso ontem!

      0
      • Zé do Faz 01/10/2016 at 18:00

        Mentira. Ráaaaaa

        Boteco aberto.

        0
        • Marcus A 01/10/2016 at 18:06

          POTAQUEPARIU! Cai na pegadinha!

          0
  • Mat 01/10/2016 at 18:03

    Ave Caesar, nobres confrades.

    Cadê a chuva? Entramos em outubro e está um baita clima de agosto, quente, ventando e muito seco.

    Li em algum lugar que teremos um verão bem seco este ano. Rezemos galera, sem chuva o fazendão Pindorama vai afundar ainda mais na boshta (seca, é claro).

    A soja aqui na minha praça está em 66 mil conto de réis a saca, cara pra burro. Maior agregador de aves da região pedindo recuperação judicial. Tivemos perdas na safra de verão (soja com excesso de chuva) e inverno (milho com falta de chuva e geada).

    Se a galera da botina perder a safra novamente por falta de chuva aí que entraremos na boxta pai xicanesca.

    Isso sem contar com os paulistas que terão que voltar a tomar banho no xixi

    Oremos…

    0
    • Mordecai 01/10/2016 at 19:05

      Essas perdas de soja e milho foram muito grandes ? que estado, MT ou PR ?

      0
  • bolha buritis 01/10/2016 at 19:12
  • galt 01/10/2016 at 20:16

    CVR – Opressão

    Andando pelo centro de florianopolis hoje ,encontro um monte de passeatas e “candidatos ” entregando santinho.Eu estava sendo educado e só recusando e passando rápido ,até que um camarada do PSTU me oferece um santinho .
    Eu recuso e o sujeito -um negão cheio dos trejeitos, acho qje pertencia o trenzinho do Nunes- me fala :
    – mas vc conhece a candidata ?
    Eu começo a abrir a boca para responder quando ele emenda:
    -Ela é socialista.
    Deixo a educação de lado e mando uma opressão.
    -Cara, agora mesmo que não quero conhecer sua candidata.E outra ,prefiro ter os braços amputados do que votar em partido comunista.
    O nego fica sem reação e só responde :
    -aii(imaginem uma bichona falando).

    0
  • Escreva seu Comentário (Ir para o início)